Jornal do Commercio
CRIATURAS DO ZOO

Dois Irmãos: Pota, o hipopótamo que abre a boca para escovar os dentes

Para que não fosse sedado frequentemente, o animal aprendeu a abrir a boca e ficar parado durante o procedimento

Publicado em 14/05/2017, às 16h30

Após a escovação, Pota recebe mimos dos tratadores / Foto: Divulgação
Após a escovação, Pota recebe mimos dos tratadores
Foto: Divulgação
Amanda Rainheri

Imagine a cena: um hipopótamo de quase duas toneladas com a boca aberta esperando para escovar os dentes. Parece mentira? Pota, que vive no Parque de Dois Irmãos, no Recife, desenvolveu um sério problema dentário há alguns anos e precisa ter os dentes escovados todos os dias. Para que não fosse sedado frequentemente, ele aprendeu a ficar quietinho de boca aberta.  

>> Dois Irmãos: conheça Leo, um rei traumatizado à procura de um amor

>> Sena: um dos moradores mais antigos do Parque de Dois Irmãos

>> Dois Irmãos tem segunda maior coleção do País em espécies de abelha

>> Dois Irmãos: macacos desaparecidos por 300 anos podem ser observados

>> Dois Irmãos: conheça a tigresa que trata gastrite causada por estresse

>> Pingo: a raposa que não sobreviveria fora do Parque de Dois Irmãos

>> Dois Irmãos abriga única arara-de-garganta-azul do Brasil

>> Águia com chumbo alojado nas asas não pode deixar Parque Dois Irmãos

"Desenvolvemos o trabalho através de uma técnica de condicionamento com comandos. Se o tratador der dois toques na cabeça dele, Pota entende que é hora de abrir a boca", explica George Rêgo Barros, gestor do equipamento.  



RECOMPENSA

O comando também significa que o animal deve ficar imóvel até o fim do procedimento. Em troca do bom comportamento, ele recebe mimos, como uvas e melão.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM