Jornal do Commercio
Natureza

Tartaruga é encontrada morta na Praia do Janga

De acordo com homem que passava pelo local não foi feito nenhum recolhimento por parte dos órgãos responsáveis da Prefeitura

Publicado em 14/06/2017, às 11h55

Animal foi encontrado na noite desta terça (13) / Foto: cortesia
Animal foi encontrado na noite desta terça (13)
Foto: cortesia
JC Online

Uma tartaruga verde foi encontrada morta na praia do Janga, em Paulista, nas imediações de uma pizzaria, por volta das 20h30, na noite desta terça-feira (14). Segundo Eduardo Belo, que passava pelo local, o animal já estava perto da calçada quando foi visto e possuía uma espécie de linha perto do pescoço.

"A tartaruga tinha um inchaço no pescoço e acredito que já chegou morta na areia, pois estava bem leve, sendo trazida pela maré", comentou.



De acordo com ele não foi feito nenhum recolhimento por parte dos órgãos responsáveis da Prefeitura, o que o motivou a enterrar o animal na praia.

"Eu mesmo enterrei a tartaruga. Nunca teve apoio de ninguém nessa área", afirmou.

Resposta

A Secretaria de Serviços Públicos do Paulista, enviou uma nota em resposta ao caso. Confira o comunicado completo abaixo:

"A Secretaria de Serviços Públicos do Paulista informa que realiza o recolhimento de animais mortos que porventura se encontrem na cidade. O animal recolhido é encaminhado para ser enterrado em um local adequado. A Prefeitura solicita que a população entre em contato pelo telefone: 3487.6216 para informar o endereço do local para que sejam tomadas as medidas necessárias".


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM