Jornal do Commercio
GELO

Iceberg gigantesco se forma na Antártica

Com espessura de 350 metros, o iceberg não provocará um impacto no nível dos oceanos porque já flutuava sobre a água

Publicado em 12/07/2017, às 07h25

O desprendimento ocorreu entre segunda e quarta desta semana / Foto: JOHN SONNTAG / NASA / AFP
O desprendimento ocorreu entre segunda e quarta desta semana
Foto: JOHN SONNTAG / NASA / AFP
AFP
Atualizada às 9h20

Um iceberg de um trilhão de toneladas, um dos maiores já registrados, se desprendeu de um bloco de gelo gigantesco na Antártica, anunciaram nesta quarta-feira (12) os cientistas da Universidade de Swansea, no Reino Unido.

"O desprendimento aconteceu entre segunda-feira e quarta-feira", afirmaram os cientistas, que monitoravam a evolução do bloco de gelo de 5.800 quilômetros quadrados (55 vezes a superfície de Paris).

Com espessura de 350 metros, o iceberg, que será batizado provavelmente de "A68", não provocará um impacto no nível dos oceanos porque já flutuava sobre a água.



Gigantesca barreira de gelo

O iceberg era parte de uma gigantesca barreira de gelo, "Larsen C", que retém geleiras capazes de elevar em 10 cm o nível dos oceanos caso acabem no Oceano Antártico, segundo os pesquisadores.

Privado deste enorme bloco de gelo, Larsen C é "potencialmente menos estável", ressaltam.

"Larsen C" poderia seguir o exemplo de "Larsen B", outra barreira de gelo que se desintegrou de forma espetacular em 2002. 

O "Larsen C" tinha, há vários anos, uma fissura enorme que se alargou nos últimos meses (apenas em dezembro aumentou 18 km). No início de julho estava unido à Antártica ao longo de somente cinco quilômetros.

A formação de icebergs é um processo natural, mas o aumento da temperatura acelera o mesmo, segundo os cientistas.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM