Jornal do Commercio
ASTRONOMIA

Sol tem ciclos similares a outras estrelas

Trabalho publicado na revista Science pretende acabar com a polêmica sobre o astro

Publicado em 14/07/2017, às 03h20

A atividade do Sol varia em ciclo de 11 anos / Foto: Reprodução / YouTube
A atividade do Sol varia em ciclo de 11 anos
Foto: Reprodução / YouTube
AFP

Nosso Sol é muito similar a outras estrelas, e não uma anomalia devido a seus polos magnéticos que se movem a cada onze anos, revelaram cientistas nesta quinta-feira. 

O trabalho publicado na revista Science pretende acabar com a polêmica sobre se o Sol é cíclico, como outras estrelas próximas. 

"Estamos esclarecendo um mecanismo fundamental que determina a duração destes ciclos, o que nos ajuda a entender o ciclo em si a longo prazo", disse à AFP Antoine Strugarek, autor principal do estudo e pesquisador da Universidade de Montreal.

"Desta maneira podemos dizer se o próximo ciclo magnético do sol em 10 ou 20 anos será intenso, longo ou curto, o que nos ajuda a entender, entre outras coisas, que tipo de satélites por em órbita e quais os  momentos de lançamento mais favoráveis". 

A atividade do Sol, desde o número de manchas solares até os níveis de radiação e de expulsão de material, varia em um ciclo de 11 anos e estas mudanças são impulsionadas por um campo magnético. 



Os cientistas acreditaram durante muito tempo que o nosso Sol era incomum, porque não cumpria com os ciclos magnéticos observados em outras estrelas do tipo solar. 

Método

Assim os pesquisadores realizaram uma série de simulações de campos magnéticos estelares e mostraram que o ciclo magnético do Sol depende de sua velocidade de rotação e luminosidade. 

As simulações foram comparadas com observações de atividades cíclicas em estrelas do tipo solar próximas e concluiu-se que, de fato, seguem a mesma relação com os períodos cíclicos do Sol. 

"Esta investigação mostra que o ciclo de 11 anos é o principal de todas as estrelas de tipo solar", destacou Allan Sacha Brun, chefe do Laboratório de Dinâmica de Estrelas e seu Entorno e principal investigador do projeto do Conselho Europeu de Pesquisas chamado STARS2.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM