Jornal do Commercio
Missão

Três astronautas se juntam à Estação Espacial Internacional

Tripulação integrada pelo americano Randy Bresnik, pelo russo Sergueï Riazanski e pelo italiano Paolo Nespoli decolou a bordo do foguete Soyouz MS-05

Publicado em 28/07/2017, às 20h59

Os três homens se juntaram no laboratório orbital ao atual comandante russo Fiodor Yurchijin, e aos astronautas americanos Peggy Whitson e Jack Fischer / Foto: AFP
Os três homens se juntaram no laboratório orbital ao atual comandante russo Fiodor Yurchijin, e aos astronautas americanos Peggy Whitson e Jack Fischer
Foto: AFP
AFP

Três astronautas -dos Estados Unidos, Rússia e Itália- se juntaram nesta sexta-feira (28) à tripulação da Estação Espacial Internacional (ISS) para uma missão de cinco meses, indicou a Nasa.

De acordo com imagens da televisão divulgadas ao vivo pela agência espacial russa Roskosmos, a tripulação integrada pelo americano Randy Bresnik, pelo russo Sergueï Riazanski e pelo italiano Paolo Nespoli decolou às 15H41 GMT (12H41 de Brasília) a bordo do foguete Soyouz MS-05.

Seis horas mais tarde, após orbitar quatro vezes a Terra, a nave se acoplou à Estação Espacial.

Os três homens se juntaram no laboratório orbital ao atual comandante russo Fiodor Yurchijin, e aos astronautas americanos Peggy Whitson e Jack Fischer.

Pela primeira vez desde abril, a ISS contará com uma tripulação de seis pessoas a bordo.

Saudações

"Querida Terra, te deixo hoje por um tempo, irei saborear a vista que terei de você quando te observar lá de cima, esta noite", tuitou Randy Bresnik.

"Beam me up... Soyuz" ("Me teletransporte para órbita... Soyuz"), escreveu em seu Twitter o italiano Nespoli, retomando uma das frases que marcou a lendária série Star Trek.



Nespoli, de 60 anos, pertence à geração que cresceu vendo Star Trek enquanto observava as transmissões dos primeiros voos à Lua.

"Há muitas experiências científicas a fazer", declarou entusiasmado Bresnik, em coletiva na quinta-feira.

Também saudou o trabalho de seus colegas já presentes na ISS: "Trabalham muito, muito bem. Têm uma técnica e um bom ritmo", afirmou o astronauta de 49 anos.

Sergueï Riazanski destacou na quinta-feira as experiências que realizará durante a sua estadia no laboratório orbital.

"O programa de nossas saídas [ao Espaço] é principalmente científico. Vamos tirar satélites, equipamentos científicos, fazer testes de presença de micróbios fora da estação", disse.

Com três saídas ao espaço, o astronauta russo de 42 anos afirmou que "teve a incrível experiência de viver no espaço. Para mim, cheira a enxofre. Um odor metálico", declarou.


Recomendados para você


Comentários

Por Daniel ,30/07/2017

E ainda teve um "astrodoido" da força aérea brasileira que fez um passeio no espaço com os russos ao custo de vinte milhões de dólares. Custeamos a viagem de um cara que pertence a uma força aérea pobre de país de terceiro mundo. Nem se houve falar mais desse tupiniquim alado subdesenvolvido. Mas se houve falar dos caras que pisaram na Lua. Isso sim é que programa espacial , o dos Estados Unidos. Mark Twain, tenho uma pergunta: como faço para migrar legalmente aos Estados Unidos?

Por Mark Twain,29/07/2017

Um dos astronautas, nosso compatriota, AMERICANO, cidadão de uma nação de sucesso. É o seu país? Fincou a bandeira em solo lunar?! Deixará uma bandeira em solo marciano, em 2024?! Não?! Lamento, mas seu país é uma nação Fracassada.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM