Jornal do Commercio
21 mil vagas

Matrícula para rede pública de ensino do Recife começa segunda-feira

O processo segue até o dia 13 de janeiro de 2012 para matrícula de estudantes novatos e até o dia 12 de dezembro no caso de renovações e transferências

Publicado em 07/12/2011, às 10h30

Do JC Online

A partir de segunda-feira (12), alunos da rede pública de ensino do Recife já podem fazer as inscrições. De acordo com a prefeitura, serão disponibilizadas 21 mil vagas nas 221 escolas, 54 creches e 11 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI). O processo segue até o dia 13 de janeiro de 2012 para matrícula de estudantes novatos e até o dia 12 de dezembro no caso de renovações e transferências.

As matrículas podem ser efetuadas por pais ou responsáveis dos estudantes menores de 18 anos de idade ou pelos próprios alunos, se eles tiverem mais de 18 anos. Os interessados devem procurar a unidade de ensino mais próxima da sua residência e apresentar cópias da certidão de nascimento ou carteira de identidade, do comprovante de residência e documento de transferência escolar, quando necessário. As transferências deverão ser efetivadas nas unidades educacionais de destino final dos estudantes.

EDUCAÇÃO INFANTIL - O acesso às turmas da Educação Infantil – berçário e grupos I a V - será garantido aos estudantes com idades de 0 a 5 anos e 11 meses, que nunca tiveram acesso à sala de aulas ou oriundos das creches, escolas comunitárias conveniadas e de outras instituições.

ENSINO FUNDAMENTAL - A matrícula no primeiro ano do Ensino Fundamental é garantida aos estudantes oriundos da Educação Infantil ou sem contato prévio com a sala de aula, com idade de 6 anos completos ou a completar até o dia 31 de março de 2012. A correlação entre a idade do aluno e o ano no qual ingressará deve ser respeitada para todo o Fundamental.

Nos anos iniciais (1º, 2º, 3º, 4º e 5º ano), os alunos deverão ter 6, 7, 8, 9 e 10 anos de idade, respectivamente. Para ingressarem nos anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), os educandos precisam estar na faixa etária de 11 a 14 anos.

A Prefeitura do Recife direciona, prioritariamente, vagas no 6º ano do Ensino Fundamental aos estudantes beneficiários do Programa Bolsa Escola Municipal (PBEM) e aos alunos com necessidades educacionais específicas com acompanhamento de um professor itinerante. Para estes alunos, as vagas são garantidas mediante orientação e parecer da Gerência de Educação Especial (GEE).

Em caso de distorção idade/ano de no mínimo 2 anos, o aluno poderá ser matriculado nas turmas de correção de fluxo dos Programas Se Liga e Acelera. As turmas serão definidas por avaliação diagnóstica dos estudantes, conforme orientação da Gerência de 1º e 2º Ciclos da Diretoria Geral de Ensino e Formação Docente (DGEFD) da SEEL.

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - Os jovens e adultos que não tiveram acesso à escolarização na idade própria poderão ingressar em um dos cinco módulos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), mesmo aqueles que não apresentarem documentação que comprove escolarização anterior. Já os estudantes do Programa Lição de Vida/Convênio Brasil Alfabetizado poderão ser matriculados nos módulos I, II ou III de EJA, dependendo da avaliação diagnóstica orientada pela Gerência de Educação de Jovens e Adultos. Para se matricular nas turmas da EJA, o estudante tem que ter idade mínima de 15 anos completos.

Com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura do Recife.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM