Jornal do Commercio
REVITALIZAÇÃO

Obras de revitalização dos armazéns do Porto do Recife começam em maio

Empresa vencedora da licitação tem prazo de 60 dias para dar início à requalificação da área portuária, incluindo o Cais de Santa Rita, que ganhará um hotel marina

Publicado em 12/02/2012, às 16h44

 /
Do JC Online

Moradores e visitantes da capital pernambucana terão de esperar até 2017 para desfrutar a reforma completa das áreas não operacionais do Porto do Recife. É que a empresa vencedora da licitação de arrendamento tem 60 meses para executar as obras, previstas para ser iniciadas em maio próximo. Nos velhos galpões, sem uso, passarão a funcionar salas para escritórios, bares, restaurantes, lojas, hotel, marina, centro de convenções, áreas para eventos e exposições, além de vagas de estacionamento.

Serão revitalizados os armazéns 9, 12, 13, 14, 15, 16, 17 e 18, pátio 15 Norte, pátio 14 sul e o prédio desativado da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Falando em números, significa que a obra vai dar vida a 38.186,03 metros quadrados de área, nos trechos mais antigos da cidade, do Bairro do Recife ao Cais de Santa Rita, no bairro de São José. A empresa recebeu prazo de 90 dias para finalizar o projeto arquitetônico, com todos os detalhes.

“A Conic Souza Filho e a Triunfo Engenharia executarão parte das obras. Outras construtoras com experiência em hotelaria, marina e shopping center se juntarão ao projeto”, informa Múcio Novaes, presidente da Excelsior Seguros, uma das empresas do grupo vencedor da licitação, o Gerencial Brasitec Serviços Técnicos. “Estamos definindo a estratégia da obra, podem participar empresas de qualquer lugar”, comenta Múcio Novaes.

Estudo de viabilidades técnica e econômica elaborado pelo governo do Estado, responsável pelo Porto, definiu as ocupações dos galpões, que terão fachadas, telhados e altura preservados. Para os 2.039,68 metros quadrados do armazém 9 foram projetados escritórios comerciais e o investimento previsto é de R$ 10 milhões.

Os armazéns 12, 13 e 14, além do pátio do galpão 14, com uma área total de 11.553,58 metros quadrados, abrigarão o Festival Center, conjunto formado por restaurantes, bares, lojas, lugar para exposições e eventos fechados, atividades recreativas, sociais e culturais. Essa etapa custará R$ 50 milhões e vai oferecer vagas de estacionamento.

Um hotel e uma marina serão erguidos no pátio 15 Norte, armazém 15 e prédio da Conab, que será demolido. O investimento é de R$ 90 milhões, para implantação, manutenção e exploração dos dois empreendimentos, numa área de 10.745,17 metros quadrados. Os investidores propõem um hotel de longa estada com 200 unidades, padrão igual ou superior a três estrelas, restaurantes, lojas, bares, piscina, sala para reuniões e academia.

O centro de convenções ficará nos armazéns 16 e 17, incluindo as áreas do entorno, defronte para o hotel e a marina. Exigirá investirá mínimo de R$ 50 milhões. A ideia do grupo é aproveitar os 13.847,60 metros quadrados disponíveis e criar um local para convenções e exposições integrado ao hotel. O armazém 18 é reservado para áreas de expansão e o uso será definido mais adiante.

A expectativa do grupo é investir R$ 200 milhões na implantação do Complexo Integrado Comercial, Hoteleiro, de Convenções e Exposições. E gerar benefícios econômicos e sociais para a cidade, com criação de empregos, impostos e espaços públicos.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Dossiê das torcidas organizadas Dossiê das torcidas organizadas
Série de reportagens mostra a atuação das torcidas organizadas em Pernambuco a partir de 2001, ano da primeira morte em consequência dos confrontos
Fora dos trilhos Fora dos trilhos
Dez anos depois do início das obras da Transnordestina, o pouco que foi construído está abandonado. Era 'o sonho' de uma ligação férrea entre o litoral e o interior do Nordeste
Expedição Antártida Expedição Antártida
A editora Mona Lisa Dourado e o repórter fotográfico Igo Bione acompanham parte das atividades da 32ª Operação Antártica, a convite da Marinha do Brasil

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2016 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM