Jornal do Commercio
cidades cidades
  • Tamanho do texto:
  • A-
  • A+

urbanismo

Prefeitura de Olinda lança operação ''Cidade Limpa - sem entulhos''

Campanha de caráter educativo marca primeiro momento de um projeto de lei que pretende punir quem deixar entulhos na rua

Publicado em 16/05/2013, às 11h30


Do JC Online

 / Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem

Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem

Lixo e entulhos nas ruas fazem parte do cenário diário dos moradores do Recife e Região Metropolitana. Visando resolver este problema, um projeto de lei que pretende punir quem for pego sujando as ruas da cidade está sendo formulado em Olinda e analisado pela câmara. A multa poderá variar de R$ 300 a R$ 5.000, dependendo do tempo do resíduo. A minimização da poluição física e visual das ladeiras da cidade teve início na manhã desta quinta-feira (16) com ações educativas em escolas, estabelecimentos comerciais e bairros com a operação "Cidade Limpa - sem entulhos".

A Prefeitura de Olinda realizou panfletagem em diversos lugares da cidade desde as 9h. A campanha, parceria das secretarias de Serviços Públicos, Obras e Meio Ambiente, tem como objetivo informar à população a melhor maneira de descartar os resíduos sólidos, como restos de poda de árvores, entulhos e móveis velhos.

“Temos enfrentado um problema muito sério quanto ao destino que os moradores dão ao lixo sólido. Sempre encontramos estes resíduos em esquinas, terrenos baldios e nos canais. O que cria pontos críticos de lixo", disse o secretário de Serviços Públicos, Manoel Sátiro. A responsabilidade do correto descarte do resíduo está atribuída a quem o gerou.

Assim sendo, a Prefeitura não teria obrigação de cuidar da contratação de uma papa metralha, mas se o responsável não tiver condições de pagar pelo serviço, pode-se solicitar a ajuda do órgão público. “Nós pedimos apenas que o morador acondicione estes resíduos em sacolas ou caixas menores, de até 100 litros, e os deixe em frente à sua casa para que o caminhão de coleta possa apanhá-lo", ressaltou o secetário.

Além da distribuição de panfletos e instalação de 2.000 cartazes pela cidade, a operação abrange a instalação de 300 lixeiras que serão fixadas em pontos estratégicos de Olinda. A compra das lixeiras está em fase licitatória. "Está sendo elborada uma agenda escolar para trabalhar a campanha nas escolas e forma interdisciplinar. O assunto será tratado com as crianças envolvendo matemática, ciência e português", explicou o secretário de Serviços Públicos.

A campanha é anunciada semanas após o MPPE ter enviado um ofício à Unesco denunciando a falta de manutenção do Sítio Histórico de Olinda. O documento pode representar uma ameaça ao título de Patrimônio da Humanidade da cidade.

imprima
envie para um amigo
reportar erro

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Fotos do dia

Comício de Marina no Recife reúne lideranças políticas e família de Eduardo Campos
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem

> JC Imagem

Comício de Marina no Recife reúne lideranças políticas e família de Eduardo CamposBeto Albuquerque e Marina fazem comício no RecifeComício de Marina no Recife é marcado por exaltação a EduardoJoão Campos, filho mais velho de Eduardo, faz discurso inflamado no comício de MarinaJoão Campos, filho do ex-governador Eduardo, e a candidata Marina

Ranking do dia

Especiais JC

Periferia travada Periferia travada
Especial mostra as dificuldades que pessoas que moram no subúrbio do Grande Recife têm para deslocar na periferia
O adeus a Eduardo Campos O adeus a Eduardo Campos
Especial com matérias, fotos e vídeos de Eduardo Campos, morto em acidente aéreo no dia 13 de agosto de 2014
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM