Jornal do Commercio
tragédia

Mulher atacada por tubarão em Boa Viagem teve parte da perna amputada

O procedimento cirúrgico foi feito no Hospital da Restauração, por volta das 15h, e a mulher foi encaminhada à UTI

Publicado em 22/07/2013, às 17h53

O ataque aconteceu nas proximidades da pracinha de Boa Viagem / Foto: Igor Bione/JC Imagem

O ataque aconteceu nas proximidades da pracinha de Boa Viagem

Foto: Igor Bione/JC Imagem

Do JC Online

Atualizada às 19h21

A turista de São Paulo Bruna da Silva Gobbi, de 18 anos, que foi atacada por um tubarão no início da tarde desta segunda-feira (22), na praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, passou por uma cirurgia no meio desta tarde e teve parte da perna esquerda amputada. O procedimento cirúrgico foi feito no Hospital da Restauração, por volta das 15h, e a mulher foi encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A mulher estava a 20 metros da costa, com água na altura da cintura quando o ataque aconteceu.

CINEGRAFISTA AMADOR FILMOU O SOCORRO. AS CENAS SÃO FORTES

De acordo com a nota divulgada pelo hospital, a turista havia apresentado um quadro de parada cardiorespiratória na UPA da Imbiribeira. Ainda segundo o HR, a paciente encontra-se em estado grave, respirando com ajuda de aparelhos e fazendo uso de drogas vasoativas. 

Esse é o 59º ataque no Estado, desde que começaram a ser contabilizados, em 1992. No mês passado, um homem também sofreu um ataque de tubarão, desta vez na Praia do paiva, no Cabo de Santo Agostinho. José Rogério Tavares da Silva, 41 anos, sofreu mordidas de um tubarão de grande porte, segundo o Instituto Médico Legal (IML). De acordo com Comitê de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit), o ataque ocorreu numa área que não é monitorada pelo órgão.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM