Jornal do Commercio
RELIGIÃO

Morro da Conceição ganha via-sacra de mosaico de ladrilhos

Quinze estações que retratam os últimos momentos de Jesus foram instaladas na entrada e na subida do morro

Publicado em 22/03/2016, às 08h00

Rua Itacoatiara, principal via de acesso ao morro, recebeu a maioria das estações da via-sacra / Foto: Guga Matos /  JC Imagem

Rua Itacoatiara, principal via de acesso ao morro, recebeu a maioria das estações da via-sacra

Foto: Guga Matos / JC Imagem

Margarida Azevedo

O Morro da Conceição, na Zona Norte do Recife, ganhou mais um atrativo para turistas e católicos, além da imagem da santa trazida da França no início do século passado e que é tão venerada pela população pernambucana. Uma via-sacra, com 15 estações, retrata em mosaico de ladrilhos os últimos momentos de Jesus Cristo, da condenação ao seu sepultamento. A primeira cena está no Largo Dom Luís e a última, atrás da santa. Uma 15ª imagem, do filho de Deus, fica na lateral direita da capela, perto da principal entrada do santuário. O equipamento será inaugurado quinta-feira, às 10h.

Cada cena mede 40 cm de largura por 40 cm de altura e está colocada em totens de metal. O artista plástico Max di Castro, morador de Casa Amarela, ficou responsável pelo trabalho, realizado em parceria com seu filho, Victor Max di Castro, e outros artesãos do seu ateliê. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Turismo, com execução da Fundação Gilberto Freyre, e investimento de R$ 88 mil.



“Pretendemos estimular o turismo religioso no Morro da Conceição, que tem também tradição cultural e boa gastronomia. Somente no mês da Festa do Morro (em dezembro), circulam por lá cerca de um milhão de pessoas. Queremos que os turistas visitem o local nos outros meses do ano. A via-sacra será um estímulo a mais para que isso aconteça”, observa o secretário de Turismo do Recife, Camilo Simões. “Conversamos com uma grande operadora de turismo para que a partir do próximo ano, os pacotes da Semana Santa incluam visitas ao Morro antes da ida à Paixão de Cristo de Nova Jerusalém”, explica Camilo Simões.

ESTAÇÕES - A primeira cena da via-sacra mostra Jesus sendo condenado à morte. Está ao lado do parque infantil existente no Largo Dom Luís. Na principal via de acesso ao Morro (e única por onde é possível subir de carro), a Rua Itacoatiara, há mais oito estações. Somente duas estão em calçadas do lado direito de quem sobe (a sexta e a sétima). As demais ficam do lado esquerdo. Todas estão em frente a residências. Os donos das casas autorizaram a colocação dos totens. A nona estação, após a curva, está pouco antes da praça.

Dona Severina Paiva, 80 anos, moradora do Morro há 65 anos e referência para a comunidade católica do local, permitiu em frente à sua residência a décima estação, que mostra as roupas de Jesus sendo retiradas. “É uma honra ter uma das imagens da via-sacra na entrada da minha casa”, destaca. As quatro últimas estações circulam a praça, começando pelo lado esquerdo e terminando atrás da imagem de Virgem Imaculada.

Reitor do santuário, padre Ulisses Silva elogiou a iniciativa, mas criticou a localização das estações. “A via-sacra é uma das primeiras devoções dos católicos. Essa que foi colocada está muito bonita e vai realçar a imagem do local. Mas não será possível utilizá-la na nossa devoção cristã porque começa no pé do Morro. Não é possível bloquear a Rua Itacoatiara para realização da via-sacra”, comentou o padre Ulisses Silva, que assumiu o cargo no mês passado, quando o projeto já estava em andamento.

Severina Paiva também não gostou da localização de algumas estações. “Em uma delas (a nona) há lixo jogado pelos moradores. As pessoas não foram preparadas para receber as imagens, não têm ideia do significado que os quadros representam. E a 11ª estação, uma das que ficam na praça, é ao lado de um ponto de bebedeira, onde as pessoas não têm o mínimo de respeito”, diz.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas


Comentários

Por Ronaldo Alves,22/03/2016

Tomara, tomara, tomara mesmo, que os vândalos respeitem. O que eu acho muito difícil.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM