Jornal do Commercio
Acessibilidade

Recife recebe serviço de mobilidade acessível com acompanhamento

Objetivo do aplicativo, lançado pela Essence Cuidados, é dar mais autonomia para pessoas com mobilidade reduzida

Publicado em 23/08/2016, às 21h29

Os veículos disponibilizados possuem um sistema de monitoramento por GPS e equipados por câmeras internas, facilitando o acompanhamento do trajeto pelos familiares / Foto: Divulgação
Os veículos disponibilizados possuem um sistema de monitoramento por GPS e equipados por câmeras internas, facilitando o acompanhamento do trajeto pelos familiares
Foto: Divulgação
JC Online

A falta de acessibilidade nas grandes cidades se revelam um grande obstáculo para as pessoas que apresentam algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida. Muitas delas, para conseguirem sair de casa, precisam contar com a ajuda de familiares ou amigos, criando muitas vezes uma relação de dependência com eles, isso quando há essa alternativa.

Um aplicativo que começa a ser disponibilizado no Recife, porém, promete dar mais autonomia para idosos, cadeirantes e pessoas com outros tipos de deficiência. Lançado pela empresa Essence Cuidados, do Grupo Urja Social, o serviço realiza acompanhamento e transporte de pessoas com mobilidade reduzida. O objetivo é fazer com que essas pessoas não dependam de parentes e amigos para se locomover na cidade, como, por exemplo, para realizar tratamentos médicos, atividades de lazer ou outros compromissos sociais.

O engenheiro civil Luiz Castanha, 69 anos, fraturou o fêmur e precisou se locomover temporariamente por meio de cadeira de rodas, em março deste ano. Ele conta que utilizou o serviço da Essence Cuidados oito vezes para ir às sessões de fisioterapia, saindo do bairro da Jaqueira, onde tem uma loja, e seguindo até a clínica na Tamarineira. “O diferencial do serviço, para mim, foi a atenção do cuidador da empresa. Ele me ajudava a entrar e sair do carro com a cadeira de rodas e, como tinha um batente na entrada da clínica, ele me levava por um acesso lateral. Além disso, o cuidador pegava meus documentos, iniciava o atendimento na recepção e ficava me aguardando no local até o fim da consulta e volta para casa”, detalha o engenheiro.

Na opinião de Vera Lúcia Silva Maciel, 58 anos, o serviço pode proporcionar mais liberdade e independência da família a pessoas com mobilidade reduzida, não só para tratamentos médicos, mas para o bem-estar social. “O mais interessante é que o serviço pode ser utilizado, também, para atividades de lazer. A pessoa fica deprimida sem sair de casa, e poder fazer um passeio com mais autonomia faz bem para a saúde mental”, ressalta. Wilma Silva Maciel, 79 anos, mãe de Vera Lúcia, tem Parkinson e já não anda, usa cadeira de rodas. Ela utilizou o carro adaptado da Essence em duas ocasiões médicas, saindo da residência na Madalena até o Hospital Santa Joana. “É um serviço muito bem bolado, os familiares podem acompanhar o trajeto todo pela internet. Minha mãe está assim há 2 anos e nós tínhamos dificuldade em leva-la ao médico e demais atividades sociais. É uma tranquilidade saber que existe no Recife um tipo de serviço como esse”, diz Vera Lúcia.

Já para a administradora de empresas Cecília Bárbara Santos Carmo, o serviço da Essence está ajudando bastante no tratamento da filha que é cadeirante e tem esclerose múltipla, Patrícia Bárbara Santos Carmo, 27 anos. “Para a pessoa que tem deficiência o serviço é de grande valia, porque se a locomoção já é difícil para pessoas que têm carro, por não ser adaptado a cadeiras de roda, imagina para as que não possuem. No caso de Patrícia, que é uma doença complexa, o trajeto não pode ter barulho se não a incomoda e também precisa ser no ar-condicionado. Achamos o serviço da Essence excelente por ter um cuidador, conforto, horário pontual, disponibilidade para buscar em casa e esperar no local”, explica Cecília Bárbara, que fez o trajeto de Boa Viagem até a AACD, periodicamente, por volta de dois meses com a Essence.

No início do serviço, estão disponíveis quatro veículos: dois adaptados para cadeirantes e dois comuns para pessoas com mobilidade reduzida. A previsão é que até o fim de 2016, um carro adaptado e um comum sejam adicionados na frota. Todos os veículos possuem um sistema de monitoramento por GPS e equipados por câmeras internas, facilitando o acompanhamento do trajeto pelos familiares, tanto através do aplicativo como pelo site www.essencecuidados.com.br. Cuidadores e e auxiliares de enfermagem acompanham o usuário durante todo o trajeto, atendendo as necessidades de acordo com o cliente.

No primeiro contato, os interessados devem detalhar o tempo do percurso planejado, o tipo de veículo que precisam (regular ou adaptado) e se há a necessidade do acompanhamento de um cuidador no trajeto da viagem. O pagamento não é realizado por distância (contador de km), e sim pelo tempo de atendimento e das necessidades de cada cliente.

O serviço pode ser solicitado pelo aplicativo da Essence Cuidados, que está disponível para dispositivos móveis em Android (Google Play) e IOS (Apple Store), pelo telefone (81) 3419-8086 e pelo site da empresa, realizando o agendamento. No horário combinado, o veículo irá buscar o cliente no local programado e levar até o destino acordado, com os familiares podendo acompanhar a trajetória do veículo e as etapas do atendimento, como início e finalização do tratamento.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM