Jornal do Commercio
Incêndio

Incêndio atinge vagão de metrô na Estação Largo da Paz

Fogo foi controlado às 1h10 da manhã e destruiu parcialmente vagão principal do metrô. Não houve vítimas

Publicado em 26/03/2017, às 09h23

O Corpo de Bombeiros encaminhou duas viaturas para apagar o incêndio, sendo uma viatura Auto Bomba Tanque e outra de Auto Comando de Operações / Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
O Corpo de Bombeiros encaminhou duas viaturas para apagar o incêndio, sendo uma viatura Auto Bomba Tanque e outra de Auto Comando de Operações
Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
JC Online

Um incêndio atingiu um vagão de metrô na estação de metrô Largo da Paz, localizada no bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife. De acordo com informações repassadas pela Assessoria do Corpo de Bombeiros, o fogo teve início por volta das 23h do sábado (25) destruiu parcialmente o vagão principal do trem, onde fica localizada a cabine de comando do veículo. O incêndio não deixou nenhuma vítima no local.

Ainda de acordo com a assessoria, o fogo foi controlado por às 01h10 da manhã deste domingo (26). O Corpo de Bombeiros encaminhou duas viaturas para apagar o incêndio, sendo uma viatura Auto Bomba Tanque e outra de Auto Comando de Operações, para coordenar a ação, evitando que as chamas se espalhassem pelos outros vagões. Ainda não se sabe, no entanto, o que teria causado o incêndio.



Por meio de uma nota, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que a estação Largo da Paz ficará fechada na manhã deste domingo, aguardando a chegada do Instituto de Criminalística (IC) e que equipes da engenharia e segurança do órgão também vão apurar o caso. O laudo deve ser concluído em 30 dias.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por ED1960,26/03/2017

Trens velhos ultrapssados.o metrô precisa urgente de novas composições.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM