Jornal do Commercio
ASSASSINATO

Amigos e parentes de fisioterapeuta morta divulgam carta e cobram justiça

No texto, eles traçam a jovem como uma mulher “destemida, independente e livre”, e cobram justiça

Publicado em 06/04/2017, às 17h08

Velório aconteceu, sob forte comoção, em Santo Amaro / Maria Luísa Ferro/JC
Velório aconteceu, sob forte comoção, em Santo Amaro
Maria Luísa Ferro/JC
Da Editoria de Cidades

Amigos e parentes divulgaram carta à sociedade durante o enterro da fisioterapeuta Tássia Mirella Sena de Araújo, 28 anos, na manhã desta quinta-feira (6), no Cemitério de Santo Amaro, área central do Recife. No texto, traçam a jovem como uma mulher “destemida, independente e livre”, e cobram justiça.

Veja a íntegra do texto:

“Em meio a este turbilhão de tristeza e dor, quando queríamos silenciar e acalentar nossos corações - tanto da família quanto dos amigos - sentimos, por outro lado, a necessidade de trazer um pouco do que era Mirella.

Mirella, ao contrário dos julgamentos machistas que buscam justificar esse ato brutal e violento, causado pelo suspeito Edvan Luiz, homem que não tinha nenhum envolvimento com com ela (sabendo que mesmo que houvesse não há justificativa cabível para tal barbárie) era uma mulher jovem e destemida a viver independente e livre.



Sabemos - lamentavelmente - que esse não é um caso isolado, pois todos os dias mulheres são vítimas de feminicídio. Mulheres da periferia, mulheres negras, mulheres mães, mulheres lésbicas, mulheres trans, mulheres...

Mirella conquistou sua formação de fisioterapeuta, trabalhava nume empresa multinacional da área médica e como toda jovem buscava a experiência de mais autonomia morando sozinha. Mirella lutou na vida e pela sua vida, literalmente, até o fim.
Não existe crime passional, o que existe aqui é um FEMINICÍDIO! Mirella não tinha nenhuma relação com o suspeito que, mesmo como disse o delegado em suas entrevistas às TVs, o suspeito afirmou ter visto Mirella apenas uma vez.

Os indícios existem e estão sendo apurados. E hoje haverá uma coletiva para tentar esclarecer tudo. É o que esperamos.
Mas o que não podemos esquecer é que queremos justiça. O assassino de Mirella não pode ficar impune. Precisamos evitar de forma veemente que mais uma Mirella, Maria ou Ana seja morta dessa forma tão brutal. Por isso, convocamos toda a sociedade para comparecer hoje às 13h em frente ao Fórum Joana Bezerra para a mobilização da audiência de custódia e impedir que o suspeito responda em liberdade.”

#SOMOSTODOSMIRELLA


Recomendados para você


Comentários

Por Júnior,07/04/2017

A triste e a dor da família são enormes e ninguém jamais poderá mensurar. Que a justiça seja feita com todas as penalidades que a lei possa estabelecer, pois assim a família pode ser confortada minimamente possível, mesmo sabendo que isso não trará de volta a jovem.

Por Alexon Morais,07/04/2017

Respeito a dor dos familiares, dos amigos enfim de todos. Entretanto, vejo tomarem este momento para fazer campanha do politicamente correto é, campanha pro-feminismo ou qualquer coisa eque eh deplorável e dispensável, atitudes como estas "do meu umbigo" da classe media estupida, é que se faz este Estado, este paizinho ser o que é e continuar na mesma coisa que ninguém se entende, não mexendo no meu.... Em primeiro Lugar este triste, abominável Senhor, deve ser tratado como doente e não ser associado a homens de conduta, visto que nem todos homens são contra mulheres, ou mata indiscriminadamente, esta guerra de mimimi e que tem nos dividido. O Crime foi bárbaro, não ha duvidas sobre isso, deve e sera punido com maior rigor possível que a Lei determina, entretanto, de janeiro a março foram 1124 HOMICÍDIOS neste belíssimo Estado, o Brasil hoje detém 19 das 50 Cidades mais violentas do Globo, heloww, MUNDO!!!! ...e não só morrem mulheres, morre quem tem vida e isso não eh pleonasmo é enfatizando, estas mesmas pessoas que hoje se reúnem, a 20 dias atras eram indiferentes a tantas vidas ceifadas todos os dias. Só que a violência não escolhe, ela simplesmente abraça qualquer um, inclusive pessoas da classe media, independente de gênero, cor, altura, peso, beleza. O governante do Estado, sim Ele tem uma enorme contribuição deixando tudo correr como o caos quer. Enquanto não lutarmos pela vida independentemente de quem seja, uma vida sequer que nos seja muito, porquanto são pernambucanos(as), brasileiros(as), estaremos assim a mercê das surpresas quando a violência bater a nossa porta. Parem deste oportunismo ridículo, explorativo, barato no Estado de Pernambuco matar não impõe seletividade, homem, mulher, criança, velhos todos são números na vergonhosa estatística!!!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM