Jornal do Commercio
Manifestação

Protesto contra homicídios em Pernambuco é realizado nesta quarta

A manifestação está sendo realizada em frente ao Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo de Pernambuco.

Publicado em 19/04/2017, às 19h20

Segundo informações preliminares, cerca de 500 pessoas participam do ato, entre elas, os pais de Mirella Sena, morta no início do mês. / Foto: Esther Barros/ Rádio Jornal
Segundo informações preliminares, cerca de 500 pessoas participam do ato, entre elas, os pais de Mirella Sena, morta no início do mês.
Foto: Esther Barros/ Rádio Jornal
JC Online
Com informações da repórter Esther Barros, da Rádio Jornal

Manifestantes estão reunidos neste momento na praça da República, em frente ao Palácio do Governo para protestar contra a violência em Pernambuco. Vestidos de branco, os organizadores pedem que seja instituída uma "política de segurança séria e firme e que o governador compreenda a gravidade e a urgência da situação, assegurando medidas que possam estancar a violência, inclusive a violência policial".

O ato foi nomeado de "Desconforto", em referência à fala do governador Paulo Câmara, que classificou como "desconfortável" o crescimento dos índices de violência no Estado.



Adesão

Segundo informações da Rádio Jornal, cerca de 500 pessoas participam do ato. Performances e discursos estão sendo realizados. Entre os manifestantes, estão os pais da fisioterapeuta Mirella Sena, assassinada dentro de casa, no último dia 5.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por LYRA,20/04/2017

Por um milagre de DEUS, não houve nenhum assassinato de manifestantes por policiais que trabalham como PISTOLEIROS PARA OS BANDIDOS, entenda-se políticos, como o que aconteceu em Itambé, lembro aos manifestantes que tenham muito cuidado ao realizarem essa manifestações, principalmente em frente onde se enconde os meliantes dessa grande e perigosa quadrilha que é a podre politica nacional, como por exemplo, esse palácio da princesas, que bem poderia se chamar de palácio das prostitutas, na ALEPE e na câmara municipal, focos das maiores concentrações daqueles pistoleiros, puxa sacos acima citados. Lembro ainda que eles não vão presos ao assassinar alguém já que contam com a proteção dos mafiosos políticos.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM