Jornal do Commercio
Investigação

Morte em Petrolina que pode estar ligada ao Baleia Azul é investigada

O corpo da jovem de 15 anos apresentava cortes profundos nos braços e na região dos pulsos

Publicado em 20/04/2017, às 19h10

O corpo de uma adolescente de 15 anos foi encontrado em Petrolina, Sertão do Estado, numa região próximo ao limite com a cidade de Juazeiro, na Bahia / Foto: Reprodução
O corpo de uma adolescente de 15 anos foi encontrado em Petrolina, Sertão do Estado, numa região próximo ao limite com a cidade de Juazeiro, na Bahia
Foto: Reprodução
JC Online

Na tarde desta quinta-feira (20), pescadores encontraram o corpo de uma adolescente de 15 anos boiando no Rio São Francisco, na região do Porto do Jatobá, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Segundo informações do 5º Batalhão de Polícia Militar, a jovem morava em Juazeiro, na Bahia, e estava desaparecida desde a última segunda-feira (17). De acordo com Rita Diniz, amiga da família, ela estava participando do desafio da Baleia Azul. Além desse caso, outros cinco estão sendo investigados em Pernambuco pela Polícia Civil e mais dois pela Polícia Federal.

O corpo da jovem apresentava cortes profundos nos braços e na região dos pulsos. Peritos do IML constataram que ela foi vítima de afogamento. Antes de morrer, ela teria deixado uma carta se despedindo da família e pedindo desculpas. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil da Bahia.

Sepultamento

O corpo da adolescente foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina e alguns parentes já estão cuidando da liberação. O enterro deve ocorrer nesta na manhã desta sexta-feira (21), no cemitério do bairro João Paulo II, em Juazeiro, Bahia. "A família está muito abalada", conta Rita Diniz.



Desafio da Baleia Azul

O jogo, que teria surgido na Rússia há cerca de dois anos, consiste em uma série de 50 desafios diários, enviados à vítima por meio de um aplicativo de mensagens por um mentor ou curador. As tarefas, que podem estimular a automutilação e levar a comportamentos suicidas, são sempre repassadas durante a madrugada. O último desafio é tirar a própria vida. Até agora, oito estados, incluindo Pernambuco, têm casos que podem ter relação com o desafio.

Crimes

Segundo o delegado Jorge Ferreira, da Departamento de Polícia da Criança e Adolescente (DPCA) do Paulista, Região Metropolitana do Recife, os "curadores" do jogo podem responder por vários crimes, como lesão corporal, ameaça e indução ao suicídio.

Baleia Rosa

Como resposta ao jogo da Baleia Azul, publicitários de São Paulo lançaram o Baleia Rosa. Na página do Facebook, que já reúne mais de 87 mil seguidores, eles divulgam postagens otimistas e 50 tarefas que espalham o bem para quem pratica e para quem recebe a ação.


Recomendados para você


Comentários

Por Henry David Thoreau,27/04/2017

Não adianta adotar teorias rocambolescas e mirabolantes de uma psicologia barata, de boteco, se o principal assunto não for abordado: REESTRUTURAÇÃO FAMILIAR NOS MOLDES CLÁSSICOS! Basta colocar essa dinâmica em pratica e, nas gerações futuras, não teremos mais esse tipo de problema ou qualquer outro. A estruturação de famílias nos moldes da "Peppa" (uma alusão ao desenho animado britânico), evita o envolvimento de crianças e adolescentes em quaisquer caminhos que os levem a uma vida negativa. Enquanto o políticamente correto busca teorias rocambolescas e estúpidas para explicar o óbvio, as pessoas maduras, equilibradas e normais, buscam criar os filhos nos moldes de vínculos familiares clássicos, evitando dissabores e contratempos no encaminhamento correto das novas gerações.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM