Jornal do Commercio
Grande Recife

Integrantes de Movimento Sem Teto ocupam a Prefeitura de Jaboatão

Cerca de 200 integrantes do MLB ocuparam nesta segunda a sede da Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes para cobrar regularização de terreno habitacional

Publicado em 19/06/2017, às 16h53

A principal reivindicação do grupo é pela conclusão da obra do conjunto habitacional Mércia Albuquerque II, em Cajueiro Seco, Jabotão / Foto: Cortesia
A principal reivindicação do grupo é pela conclusão da obra do conjunto habitacional Mércia Albuquerque II, em Cajueiro Seco, Jabotão
Foto: Cortesia
JC Online

Cerca de 200 integrantes do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB) ocuparam no início da tarde desta segunda-feira (19) a sede da prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. A principal reivindicação do grupo é pela conclusão da obra do conjunto habitacional Mércia Albuquerque II, no bairro de Cajueiro Seco, que é financiada pela Caixa Econômica Federal, por meio do programa Minha Casa Minha Vida. Quando estiver pronto, o residencial vai abrigar 192 famílias.

Faltam apenas 5% para a conclusão da obra o habitacional que será entregue ao MLB, assim que a Câmara de Vereadores aprovar o projeto. De acordo com um dos coordenadores do movimento, Cléber Santos, o que falta para a retomada da obra é a Prefeitura de Jaboatão encaminhar à Câmara Municipal o Projeto de Lei transferindo o terreno do habitacional para o Movimento. Caso contrário, a Caixa Econômica Federal não vai liberar a verba para o restante da construção. "Até o documento de regularização do terreno assinado pelo prefeito Anderson Ferreira chegar lá na Câmara, vamos continuar ocupando. Pessoas que moram em área de risco estão penando pela morosidade da prefeitura", afirmou.



Os representantes do MLB foram recebidos pelo secretário de Articulação Política, Robson Leite; pelo líder do Governo na Câmara, vereador Vieira, e outros parlamentares, na sede da Prefeitura. "Entendemos o pleito de todas essas pessoas e atendemos de forma rápida para que cada um tenha direito a seu teto”, disse o secretário Robson Leite sobre esse processo que vem ocorrendo desde 2014. "A gestão passada não tomou as devidas providências para agilizar a regularização do terreno. Em apenas seis meses, a atual gestão preparou toda a documentação, cumpriu as exigências da Caixa Econômica Federal e está encaminhando o projeto à Câmara de Vereadores", finalizou.

Em nota enviada à imprensa, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Jaboatão esclareceu que o prefeito Anderson Ferreira vai encaminhar o projeto à Câmara de Vereadores nesta quinta-feira (22). A nota ainda afirma que "a votação está marcada para a próxima terça-feira (27), às 11h30, durante sessão extraordinária". O coordenador do MLB, no entanto, informou que diversos atos haviam sido feitos para agilizar o processo, anteriormente. "Garantiram que iam mandar a documentação para a votação até a última sexta-feira e até agora nada. A Câmara adiou sua última sessão antes do recesso, que seria na quarta-feira passada, para hoje, por conta disso, mas o documento, novamente, não chegou por lá", declarou. Ainda não há previsão para a data de entrega do conjunto habitacional.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM