Jornal do Commercio
AGRESTE

[VÍDEO] Câmera de segurança flagra desabamento de prédio em Garanhuns

Três famílias moravam no edifício que desmoronou na segunda-feira (10). Uma mulher e a filha de 20 dias sobreviveram. Dois homens foram encontrados mortos

Publicado em 11/07/2017, às 06h59

O prédio desabou por volta das 6h dessa segunda (9) / Foto: Jefferson Nascimento/TV Jornal
O prédio desabou por volta das 6h dessa segunda (9)
Foto: Jefferson Nascimento/TV Jornal
JC Online

Uma câmera de segurança instalada nas proximidades do prédio que desabou em Garanhuns, no Agreste do Estado, registrou o momento em que a construção de três andares desmorona, na manhã dessa segunda-feira (9). As imagens podem ser vistas a partir de 1 minuto e 13 segundos no vídeo abaixo:

O desabamento aconteceu por volta das 6h, em um conjunto residencial de três blocos, cada um com seis apartamentos, na rua Capitão João Paes, no bairro Aluísio Pinto. Três famílias moravam no edifício.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Mortos e sobreviventes

Uma mulher e sua filha de 20 dias foram socorridas para o Hospital Regional Dom Moura. O marido dela foi um dos dois mortos na tragédia. O corpo do funcionário público Antônio Arcoverde, de 32 anos, foi o primeiro encontrado, por volta das 17h.

A segunda vítima fatal foi Edvaldo Soares da Silva, 66 anos. O corpo foi localizado perto da escadaria do prédio. De acordo com o Major Heitor Martins do corpo de Bombeiros, o segundo homem encontrado pode ter morrido tentado ajudar outras pessoas. "Chegaram informações de que ele pode ter voltado para tentar avisar a vizinhos de outros apartamentos que ele achava que estariam lá, mas que, na verdade, estão viajando", pontuou. Outra possibilidade que chegou ao Corpo de Bombeiros é que Edvaldo teria voltado para resgatar documentos em seu apartamento.



O desmoronamento do prédio será investigado pela Delegacia Regional de Garanhuns. Segundo o delegado Patrick Dias, o Instituto de Criminalística (IC) deve começar a periciar o local já a partir desta terça-feira (10).

Estado de emergência em Garanhuns

O prefeito de Garanhuns, Isaías Régis, pretende decretar estado de emergência no município, que depois de um longo período de seca vem enfrentando problemas com as chuvas intensas. 

“Já são mais de 60 dias de chuva sem parar. Outras duas casas caíram e há outras interditadas. Não tenho dúvida que a chuva contribuiu e muito para esse desabamento, o prédio fica no final de um morro, o solo é barroso e pode ter sofrido acomodação. Mas há informações de que quando parte do prédio caiu durante a construção os próprios moradores o reconstruíram, estamos apurando”, declarou o prefeito.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM