Jornal do Commercio
Funase

Adolescentes da Funase de Garanhuns terão aulas de xadrez e música

Os cursos são oferecidos numa parceria entre a Funase e o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE)

Publicado em 14/07/2017, às 10h25

Cada curso terá duração de quatro meses com carga horária de 30 horas/aula / Foto: Funase/Divulgação
Cada curso terá duração de quatro meses com carga horária de 30 horas/aula
Foto: Funase/Divulgação
Da Editoria Cidades

A partir de agosto de 2017, adolescentes da Casa de Semiliberdade (Casem) Garanhuns, no Agreste pernambucano, serão beneficiados com cursos de xadrez e música. As aulas serão oferecidas numa parceria firmada entre a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) e o campus de Garanhuns do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE).

"Para além das competências que as atividades em si desenvolvem, a experiência dos socioeducandos em um ambiente diferenciado como o do IFPE, interagindo com os alunos e professores do Instituto, representa um ganho enorme quando consideramos a construção de projetos de vida que rompam com o passado de violência que os trouxe para a Funase. É nisso que apostamos", destacou o responsável pelo Eixo Profissionalização da Funase, Normando Albuquerque.

Os cursos para os adolescentes da Funase têm carga horária de 30 horas/aula cada um, com duração de quatro meses e encontros realizados uma vez por semana, no próprio instituto. Para o xadrez, a proposta é que os bolsistas do Programa de Esporte e Lazer, supervisionados pelo professor de Educação Física do campus, João Paulo Oliveira, possam, a cada aula, passar para os adolescentes as teorias do jogo e depois a prática. Já as aulas de música, a serem ofertadas pelo docente Osman Júnior, terão como foco o ensino coletivo de instrumentos musicais.



Essas atividades, de modo geral, desenvolvem o raciocínio lógico e a reflexão, além de estimular a tomada de decisão e de escolha de caminhos. “Se trabalha também o despertar de vocações, de talentos que possam ser descobertos. São atividades muito válidas para formação do ser humano, agregando conhecimento e preenchendo a mente. A arte, de uma maneira geral, tem um poder de transformação muito grande. Projetos como esse são muito significativos”, destacou o Diretor-Geral do Campus Garanhuns, José Carlos de Sá Junior.

INCLUSÃO

A Coordenadora Geral da Casem Garanhuns vê a parceria com entusiasmo e como uma forma de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido na Funase. “Estamos imbuídos em não medir esforços para o êxito desse projeto. Sabemos que todas as ações pedagógicas oferecidas pelo IF vêm a contribuir com o processo de socioeducação, favorecendo a inclusão social de todos os adolescentes e jovens da Casem”, disse.

Inicialmente, seis adolescentes participarão das aulas de música e 12 das de xadrez. Para José Carlos de Sá Junior, esse é apenas um marco inicial. “O IFPE tem como finalidade trazer capacitação, formação e oportunidades de inserção no mercado de trabalho. Temos a expectativa de ampliar a oferta de cursos e contribuir ainda mais com o processo de reinserção social desses adolescentes”, finalizou.?


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM