Jornal do Commercio
Desabamento

Desabamento de casa deixa um morto e dois feridos em Caruaru

Casa que desabou em Caruaru tinha 30 anos de construção e estava abandonada

Publicado em 17/07/2017, às 08h18

Construção de cerca de 30 anos será encaminhada para demolição / Foto: Reprodução/ TV Jornal
Construção de cerca de 30 anos será encaminhada para demolição
Foto: Reprodução/ TV Jornal
JC Online
Com informações do NE10 Interior e da Rádio Jornal

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas após o desabamento da laje de uma casa em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o imóvel, fica na Rua Santo Agostinho, no Bairro João Mota, e era uma casa abandonada. A laje desabou por volta das 2h desta segunda-feira (17).

Jorge Augusto de Lima Queiroz, de 37 anos, morreu na hora. As outras duas vítimas, que eram irmãos e moravam na casa, tiveram ferimentos leves. Eles foram atendidos pelos Bombeiros no local e não precisaram ser encaminhadas para o hospital. Jorge era amigo dos dois e estava no quintal bebendo quando a laje caiu e o atingiu na cabeça. 

Segundo a Defesa Civil de Caruaru, o desabamento foi parcial na parte central do imóvel. Segundo as vítimas, o teto da casa estava bastante comprometido devido a infiltrações. A construção, que tem cerca de 30 anos, foi interditada e será encaminhada para demolição.



O corpo de Jorge Augusto será encaminhado para o Instituto de Medicina Legal de Caruaru.

Garanhuns

Há uma semana, outro desabamento de imóvel deixou mortos no Agreste. Um prédio de três andares desabou em Garanhuns. No acidente, duas pessoas morreram. O desabamento aconteceu em um conjunto residencial de três blocos, onde cada um possuía seis apartamentos, na rua Capitão João Paes, no bairro Aluísio Pinto. Três famílias moravam no edifício. O desmoronamento do prédio está sendo investigado pela Delegacia Regional de Garanhuns.

Uma câmera de segurança instalada nas proximidades do prédio registrou o momento em que a construção desmorona. 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM