Jornal do Commercio
Em Cupira

Imagens de câmeras devem ajudar a identificar assassino de estudante

Crime aconteceu na tarde desta quinta e deixou ainda quatro pessoas feridas

Publicado em 11/08/2017, às 20h46

Crime aconteceu em frente à escola Pedro Alves de Souza / Foto: Google Maps
Crime aconteceu em frente à escola Pedro Alves de Souza
Foto: Google Maps
Cidades

A Polícia Civil espera que imagens de câmeras de segurança ajudem a identificar o autor dos tiros que matou um adolescente de 14 anos e feriu outras quatro pessoas, no município de Cupira, no Agreste, nesta quinta. O crime ocorreu em frente à Escola Municipal Pedro Alves de Souza, na Avenida Presidente Vargas, no centro da cidade. Testemunhas apontam que o alvo era o garoto, que também teve um irmão assassinado há seis meses, supostamente por envolvimento com drogas.

De acordo com o delegado de plantão que registrou a ocorrência, Luís Bernardo, Jailson dos Santos estava saindo da escola, por volta das 17h, quando um homem chegou disparando contra ele, que levou três tiros e morreu no local. As balas também atingiram outras duas alunas, de 11 e 14 anos, que estavam perto de Jailson, além da advogada Rafaela Loiola (filha do vereador José Edvan) e da gestante Maria Diomar, 35, que passavam na frente da escola. O criminoso fugiu em uma motocicleta.



TESTEMUNHAS

Por meio da Assessoria da Secretaria de Defesa Social (SDS), o delegado Bruno Vital, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Caruaru, informa que as testemunhas já estão sendo ouvidas e que as demais vítimas continuam hospitalizadas em Caruaru.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM