Jornal do Commercio
INSEGURANÇA

Assassinatos voltam a subir em julho

Estimativa é de que cerca de 440 pessoas tenham sido mortas no Estado

Publicado em 12/08/2017, às 07h12

Mortes violentas voltam a crescer / Diego Nigro/JC Imagem
Mortes violentas voltam a crescer
Diego Nigro/JC Imagem
JC Online

O número de homicídios em Pernambuco voltou a crescer em julho, após três meses seguidos de redução, entre março e junho deste ano. Os dados serão anunciados oficialmente na próxima terça-feira (15) pela Secretaria de Defesa Social (SDS), mas sabe-se que o mês passado teve cerca de 440 assassinatos no Estado, contra 380 ocorridos em junho. Um aumento de 15,7%.

Também entrará para a conta do Pacto pela Vida (PPV) mais um recorde negativo: será o pior mês de julho desde a criação da política pública, em 2007. No ano passado, por exemplo, o mesmo mês terminou com 346 homicídios. O melhor julho foi o de 2012, quando foram notificados 222 mortes violentas intencionais, praticamente a metade do que foi observado no mês passado.
Nem mesmo as fortes chuvas que castigaram o Grande Recife durante o mês passado foram suficientes para diminuir o índice. Em épocas chuvosas, é comum haver uma menor movimentação nas ruas e, consequentemente, uma queda nas operações do tráfico de drogas. Segundo a SDS, cerca de 70% dos assassinatos que ocorrem no Estado têm relação direta com o comércio ilegal de entorpecentes, seja pela cobrança de dívidas ou disputas territoriais, entre grupos criminosos rivais, por pontos de venda.

O índice de aproximadamente 440 homicídios quebra uma sequência em que o número saiu de 551 mortes em março – o mais alto nos dez anos de Pacto pela vida – para 380 em junho. Os seis primeiros meses deste ano representam o pior primeiro semestre desde a criação do PPV: foram 2.876 homicídios, contra 2.063 registrados em 2016. A melhor marca aconteceu em 2013 – ano de melhores resultados do PPV – quando os primeiros seis meses terminaram com 1.601 mortes violentas intencionais.
Somando-se a estimativa de homicídios em julho aos seis primeiros meses deste ano, chega-se a um total de 3.316 assassinatos. Em sete meses, este índice já é maior que o registrado durante todo o ano de 2013: 3.100 pessoas vítimas da violência. Se a tendência for mantida, Pernambuco pode, pela primeira vez, no final de 2017, chegar à triste marca de 5 mil assassinatos em um ano. Em 2016 foram 4.479, um total que só não é pior que os 4.634 homicídios notificados em 2006, último ano do governo Jarbas Vasconcelos/Mendonça Filho. O Pacto pela Vida foi criado no ano seguinte, durante a primeira gestão de Eduardo Campos.



PRISÕES

Para estancar a sangria nas ruas, o governo aposta na prisão de homicidas contumazes, como Antones Vicente Alves, de 23 anos, conhecido como Miau. Preso na última terça-feira, no bairro de Brejo da Guabiraba, Zona Norte do Recife, ele praticou, segundo a Polícia Civil, nove assassinatos apenas nos seis primeiros meses deste ano. Ainda existem outros cinco crimes sob investigação e cujas autorias remetem a Miau, que comandava um ponto de venda de drogas na localidade.

Uma guerra que também ceifa vidas que mal começaram, como a da garota Sthefanny Vitória, de apenas dois anos. Ela foi morta por uma bala perdida em um suposto tiroteio entre policiais e traficantes do Alto do Urubu, no Ibura, Zona Sul, no último dia 4. Três pessoas foram presas com drogas e armas, sendo liberadas em audiência de custódia, acusando policiais de terem feito os disparos. No dia seguinte, 5 de agosto, familiares da garota e moradores do bairro fizeram uma manifestação por justiça. O caso ainda está sob investigação da Polícia Civil.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Lopes,13/08/2017

Os bandidos brasileiros precisam se profissionalizar. Assim não dá ! Matando gente adoidado transformou o Brasil num inferno. Sejam um pouco inteligentes, entrem num partido político e virem políticos , ganhem muitas vezes mais e com menos riscos. Se preferir, façam carreira em algum sindicato, vejam o exemplo do Lula.

Por Valdemir,12/08/2017

Já pensaram no prejuízo que esses bandidos dão à nação ? Cirurgias e mais cirurgias de bandidos e vítimas baleados, e esfaqueados. Processos e mais processos que não levam a nada, só engordam os bolsos dos vendedores de sentença. ônibus queimados, e depredados, caixas eletrônicos explodidos. Cargas roubadas, golpes contra os bancos e seguradoras na internet etc. E ainda vem os bandidos de cima, querendo bilhões de dinheiro público para financiar campanha, e encher os bolsos de dinheiro. Depois a culpa do déficit público é do INSS, do funcionalismo, que é o cérebro deste país, e do aposentado que já pagou, mas não querem que receba. País de idiotas, esse ! Por isso vou de Bolsonaro ( O Cruel ) para moralizar o Brasil, e acabar com esses patifes.

Por CARMEM LIMA,12/08/2017

A quem o governo quer enganar dessa vez? Delegacias caindo aos pedaços, paredes mofadas, tetos com pingueira, cadeiras quebradas, banheiros sem manutenção e sem água, faltando papel para imprimir os boletins de ocorrência. Pago altos impostos, aliás, pagamos altos impostos para sermos assaltados nas ruas, criminosos são soltos no outro dia. A culpa é dos políticos que fazem as leis e não dos juízes que as cumprem. Sem falar os milhões que esses corruptos desviam para os seus bolsos.

Por SILVIO FERREIRA,12/08/2017

Pernambuco não tem segurança pública, isso é fato, e nenhum político corrupto poderá dizer o contrário, porque dizendo estará chamando o povo pernambucano de otário, de besta e de tapado. Vejam os crimes que ocorrem diariamente em nossas cidades, assaltos a ônibus, explosões de caixas eletrônicos, roubos ás empresas de transporte s de valores. Depois vem um idiota político dizer que em Paris é mais perigoso, dias depois um outro do governo sofre uma tentativa de assalto.

Por cearense arretado,12/08/2017

A Siria é aqui, Deus me livre!!!!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM