Jornal do Commercio
OPORTUNIDADE

Programa Ganhe o Mundo levará mais estudantes para a Espanha

Todos os anos, o Programa Ganhe o Mundo envia 1 mil estudantes pernambucanos para realizar intercâmbio por seis meses

Publicado em 08/09/2017, às 11h52

Segundo Paulo Câmara, entre 50 e 70 estudantes passarão a viajar ao país / Foto: divulgação
Segundo Paulo Câmara, entre 50 e 70 estudantes passarão a viajar ao país
Foto: divulgação
JC Online

Felipe Amorim*
Enviado especial

MADRI - A ida da comitiva de Pernambuco para a Espanha acabou sendo boa para fechar outro acordo com os espanhóis, além do voo Recife-Madri pela Air Europa. A partir de 2018, o país hispânico receberá mais estudantes da rede pública de ensino do Estado.

Hoje, são 25 estudantes que viajam por ano para a Espanha. Segundo explicou o governador Paulo Câmara, o número pulará para 50 em 2018, podendo chegar até a 70. “Estamos negociando com a Globalia o ingresso de mais estudantes pernambucanos aqui na Espanha. Eles vislumbraram um quantitativo de mais que dobrar o atual número com a oportunidade de concessão de passagens aéreas com esse novo voo para Madri”, disse o governador, que divulgará mais detalhes apenas no dia 14, em coletiva no Palácio do Campo da Princesa, onde acontecerá o lançamento do voo Recife-Madri na capital pernambucana.



Todos os anos, o Programa Ganhe o Mundo envia 1 mil estudantes para realizar intercâmbio por seis meses. Só para o Canadá, maior parceiro, vão 400 alunos. Além dele e da Espanha, os selecionados já viajaram para Chile, Argentina, Uruguai, Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia.

CURSOS TÉCNICOS PARA PROFESSORES

A parceria com a empresa espanhola, além de render frutos ao Programa Ganhe o Mundo, também poderá beneficiar algumas das 37 Escolas Técnicas do Estado. Até o fim de 2018, o número de escolas aumentará para 42. Segundo adiantou Paulo Câmara, há um estudo em andamento para ofertar cursos de turismo e guia turístico. “Vamos selecionar duas escolas para ampliar a capacitação do turismo a partir da parceria que firmamos com eles. Iniciaremos esses cursos nas escolas técnicas em áreas com possibilidade de empregabilidade dos alunos que fizeram o curso. Assim, começaremos na Região Metropolitana para depois expandir ao resto do Estado”, finalizou.

*O editor viajou a convite do Governo


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM