Jornal do Commercio
OPORTUNIDADE

Programa Ganhe o Mundo levará mais estudantes para a Espanha

Todos os anos, o Programa Ganhe o Mundo envia 1 mil estudantes pernambucanos para realizar intercâmbio por seis meses

Publicado em 08/09/2017, às 11h52

Segundo Paulo Câmara, entre 50 e 70 estudantes passarão a viajar ao país / Foto: divulgação
Segundo Paulo Câmara, entre 50 e 70 estudantes passarão a viajar ao país
Foto: divulgação
JC Online

Felipe Amorim*
Enviado especial

MADRI - A ida da comitiva de Pernambuco para a Espanha acabou sendo boa para fechar outro acordo com os espanhóis, além do voo Recife-Madri pela Air Europa. A partir de 2018, o país hispânico receberá mais estudantes da rede pública de ensino do Estado.

Hoje, são 25 estudantes que viajam por ano para a Espanha. Segundo explicou o governador Paulo Câmara, o número pulará para 50 em 2018, podendo chegar até a 70. “Estamos negociando com a Globalia o ingresso de mais estudantes pernambucanos aqui na Espanha. Eles vislumbraram um quantitativo de mais que dobrar o atual número com a oportunidade de concessão de passagens aéreas com esse novo voo para Madri”, disse o governador, que divulgará mais detalhes apenas no dia 14, em coletiva no Palácio do Campo da Princesa, onde acontecerá o lançamento do voo Recife-Madri na capital pernambucana.



Todos os anos, o Programa Ganhe o Mundo envia 1 mil estudantes para realizar intercâmbio por seis meses. Só para o Canadá, maior parceiro, vão 400 alunos. Além dele e da Espanha, os selecionados já viajaram para Chile, Argentina, Uruguai, Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia.

CURSOS TÉCNICOS PARA PROFESSORES

A parceria com a empresa espanhola, além de render frutos ao Programa Ganhe o Mundo, também poderá beneficiar algumas das 37 Escolas Técnicas do Estado. Até o fim de 2018, o número de escolas aumentará para 42. Segundo adiantou Paulo Câmara, há um estudo em andamento para ofertar cursos de turismo e guia turístico. “Vamos selecionar duas escolas para ampliar a capacitação do turismo a partir da parceria que firmamos com eles. Iniciaremos esses cursos nas escolas técnicas em áreas com possibilidade de empregabilidade dos alunos que fizeram o curso. Assim, começaremos na Região Metropolitana para depois expandir ao resto do Estado”, finalizou.

*O editor viajou a convite do Governo


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM