Jornal do Commercio
Nova decisão

Metroviários suspendem paralisação desta quinta e sexta no Recife

Recuo foi definido em assembleia realizada na noite desta quarta

Publicado em 13/09/2017, às 19h59

Metrô continua operando em más condições, denuncia sindicato / Acervo JC Imagem/Ricardo Labastier
Metrô continua operando em más condições, denuncia sindicato
Acervo JC Imagem/Ricardo Labastier
Cidades

Os metroviários de Pernambucano decidiram suspender a paralisação de 48h que estava prevista para esta quinta (14) e sexta-feira (15) no Recife como protesto pela continuidade dos problemas de segurança e falta de investimentos no setor. A categoria se reuniu na noite desta quarta-feira (13) para uma assembleia realizada na Praça Milvernes Lima, na Estação Recife, bairro de São José, área central do Recife.

Com a decisão do Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindmetro-PE), a Companhia Brasileira de Trens Urbanos - Recife divulgou que o metrô funcionará normalmente, das 5h às 23h, suspendendo o esquema especial montado para paralisação anteriormente anunciada pela categoria.

Os trabalhadores do Metrô do Recife haviam decidido, no dia 5 de setembro, pela paralisação de 48h nos dias 14 e 15 do mesmo mês. O Grande Recife Consórcio de Transportes e a própria CBTU já tinham divulgado um esquema de mobilidade diferenciado para atender os usuários. Na ocasião, a categoria, que já estava em estado de greve há cerca de três meses, afirmou que a paralisação seria necessária para mostrar o descontentamento dos metroviários com a política de privatização do sistema.

"Aconteceu um fato posterior ao dia 5 de setembro: no dia 8 o Sindmetro recebeu uma notificação do Tribunal Superior do Trabalho dizendo que o dissídio da categoria seria julgado no dia 20 deste mês. Aí para não confundir as pautas, decidimos recuar, mesmo que a paralisação não tenha relação com aumento salarial, e sim com a insegurança dos trabalhadores e usuários", explicou Levi Arruda, diretor de comunicação do Sindmetro-PE.



Indignação

“Recuamos para não haver possibilidade de interferência do ato no dissídio. Mas a indignação permanece, pois o metrô continua operando em más condições”, afirmou Levi Araújo, indicando que o movimento pode ser retomado. No quesito salário, os metroviários reivindicam 12,29% e não há contraproposta.

Nota oficial do Sindmetro-PE

Em sua página oficial no Facebook, o Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindmetro-PE) divulgou uma nota confirmando o cancelamento da paralisação que seria realizada nesta quinta e sexta-feira:

"Metroviarios/as de Pernambuco, por unanimidade, decidiu suspender a greve de 48 horas que havia sido decretada no dia 05 de setembro é que deveria ocorrer nessa quinta(14) e sexta-feira (15). A partir do entendimento de que a paralisação poderia prejudicar o julgamento do dissídio que tem audiência de conciliação no dia 20 desse mesmo mês, os trabalhadores decidiram suspender o movimento paredista. A categoria vai se unir ao ato público de protesto que vai ocorrer às 14 horas na praça do Derby e tambem realiza Assembleia Permanente no dia vinte."


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM