Jornal do Commercio
Salva-vidas

Praias do Cabo ganham reforço de veículos para salvamento aquático

Prefeitura recuperou um jet sky e agora conta com dois veículos para atuar nas praias

Publicado em 13/09/2017, às 16h25

Cabo amplia o socorro a vítimas de afogamento / Foto: Nafitali Emídio/Divulgação
Cabo amplia o socorro a vítimas de afogamento
Foto: Nafitali Emídio/Divulgação
Da Editoria Cidades

A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, reforçou o trabalho de salvamento aquático com a recuperação e entrega de um jet sky para o grupamento de salva-vidas do município. Agora, a cobertura do litoral passa a ser feita por dois veículos adquiridos pelo governo municipal. Os equipamentos são usados no resgate de vítimas de afogamentos e no trabalho de orientação dos banhistas nas praias.

De 6 a 11 de setembro de 2017, o grupamento de salva-vidas do Cabo registrou 2 mil ocorrências envolvendo incidentes de menor gravidade com crianças e adultos, excesso de passageiros em embarcações e afogamentos. No feriadão de 7 de setembro, o relatório de ocorrências divulgado pela Defesa Civil contabilizou 60 casos de afogamentos nas praias de Gaibu, Enseadas dos Corais e Paiva. “O atendimento foi ágil com o uso das equipes de jet sky, fundamental nesses casos. O trabalho de resgate rápido evitou possíveis vítimas fatais”, ressaltou o coordenador de Salvamento Aquático da Defesa Civil, Evaldo da Hora Silva.

O Cabo possui uma equipe de 50 salva-vidas, distribuídos em postos de salvamento terrestre e um Posto Avançado na Praia de Gaibu. A Prefeitura em conjunto com o Corpo de Bombeiros, irá concluir a sinalização nas praias, com informações das áreas de risco e orientações aos banhistas. A Praia do Paiva já possui esta sinalização.



CASOS

As praias do Cabo de Santo Agostinho recebem cerca de 15 mil pessoas nos finais de semana. Em época de feriado prolongado, o número aumenta em 30%, diz o coordenador de Salvamento Aquático, Evaldo da Hora. Segundo ele, 90% dos casos de afogamento estão relacionados com o uso de bebidas álcoolicas. “É totalmente desaconselhável tomar banho de mar sob efeito de álcool”, enfatizou o coordenador.

O coordenador de Salvamento Aquático do Cabo dá algumas dicas de como evitar situações de afogamento. “Como primeira medida, deve-se identificar nas praias os locais onde estão as equipes salva-vidas. Os observatórios estão sinalizados por bandeiras em vermelho e amarelo”, disse Evaldo da Hora. Crianças menores não devem entrar sozinhas no mar.

O ideal é informar-se sobre as áreas de risco (com correntes marítimas, valas e pedras) e evitá-las. O banhista não deve arriscar-se em mar aberto, com água acima da cintura. Em caso de afogamento, não se deve tentar salvar a vítima. "O resgate de uma vítima de afogamento exige habilidade. Devido o desespero da vítima, ela pode provocar o afogamento de quem deseja salvá-la. O correto é buscar a ajuda do grupamento aquático”, finalizou o coordenador.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM