Jornal do Commercio
Vandalismo

Vândalos ateiam fogo em imagem de santa na Serra das Russas, Gravatá

Pneus foram colocados na parte de trás da imagem e incendiados

Publicado em 23/11/2017, às 22h21

O fogo dos objetos se alastrou ao longo do manto de Nossa Senhora, única parte danificada da imagem / Foto: Divulgação
O fogo dos objetos se alastrou ao longo do manto de Nossa Senhora, única parte danificada da imagem
Foto: Divulgação
JC Online

Vândalos atearam fogo em uma imagem de Nossa Senhoras das Graças que fica às margens da Serra das Russas, em Gravatá, por volta das 20h desta quinta-feira (23),

De acordo com a Seção de Bombeiros de Gravatá, pneus foram colocados na parte de trás da imagem e incendiados. O fogo dos objetos se alastrou ao longo do manto de Nossa Senhora, única parte danificada da imagem.

Segundo a corporação, pessoas que passavam pelo local em seus veículos avistaram o fogo e informaram o ocorrido à Polícia Rodoviária Federal de Gravatá. A polícia, por sua vez, contactou os bombeiros que encaminharam um caminhão ao local para conter as chamas. Ao chegarem ao local, informam os bombeiros, o fogo já estava parcialmente contido, restando apenas algumas chamas nos pneus, que foram apagadas. Logo depois da ação, alguns motoristas que passavam pelo local comentaram e divulgaram, indignados, vídeos e imagens do vandalismo nas redes sociais. 



Confira o vídeo com ato de vandalismo:

Em um dos áudios compartilhados, um senhor afirma: "Nossa Senhora é sublime demais. Ela vai ter pena do incendiário, mas não sei se ele vai aguentar o remorso, porque Nossa Senhora é consoladora dos aflitos e auxilio dos cristãos. Esse camarada um dia vai ficar aflito e vai precisar de auxilio. Que ele tenha coragem de pedir a misericórdia da mãe de Jesus. Se lembre que ela é mãe e você vai ter muita tristeza de ter feito uma grosseria dessa. Que Deus te abençoe", comenta o senhor, se dirigindo ao vândalo. 

Ainda não há suspeitos do crime e, de acordo com os Bombeiros, é possível que não haja câmeras de segurança nos arredores por se tratar de uma Serra.


Recomendados para você


Comentários

Por Lucas,24/11/2017

É viajante.. ateu só manda fuzilar católico e protestante, ou quem não concorda com a sua ideologia imbecil. Cresça e apareça antes de falar besteira!

Por viajante,24/11/2017

LUCAS, um ATEU não perderia tempo fazendo tal coisa. O mesmo não posso dizer de um neo pentecostal que acha que vai pro céu por meio da sua hipocrisia. E vou alem, é mais fácil um protestante fazer algo do tipo que um SATANISTA de carteirinha.

Por Lucas,24/11/2017

O ódio e o preconceito religioso dos chamados "católicos" não tem limites mesmo. Em nenhum momento a reportagem afirma qual a religião dos vândalos. De imediato, todo mundo já assumiu que são protestantes neo-pentecostais. Vocês são massa de manobra da media mesmo!! Hoje em dia, é mais fácil um ATEU ou um COMUNISTA ou até um LGBT (veja o que fazem com os símbolos católicos nos seus desfiles) fazer isso de que um protestante ou até um neo-pentecostal. Mas, para destilar seu ódio, não há limites para os "católicos e umbandistas" e sei lá quem é mais... que mandam seus comentários acusando sem nem sequer saber quem são os vândalos. Povo que não sabe ler...massa de manobra!

Por aldir belo,24/11/2017

se os católicos estão reclamando do comportamento dos protestantes em relação a eles, imaginem o que o pessoal das religiões de matriz afro tem a dizer...

Por zeca,24/11/2017

Pior é a passividade dos católicos diante do aumento assustador dessas seitas neopentencostais que não respeitam a ninguém. Deveriam as autoridades proibirem esses tipos de agressões porque desestabiliza a sociedade e provoca reações pouco esperadas dos que se sentem agredidos.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM