Jornal do Commercio
Tragédia na Tamarineira

Alunos da turma de garoto morto em acidente fazem homenagem na festa de Natal

Festinha de Natal da escola virou momento de comoção entre pais, alunos e professores

Publicado em 06/12/2017, às 19h01

Bolas brancas foram soltas no salão da escola por alunos e professores / Cortesia
Bolas brancas foram soltas no salão da escola por alunos e professores
Cortesia
Cidades

A festinha de Natal de alunos do ensino infantil do Colégio Damas, na Zona Norte do Recife, virou momento de comoção geral entre professores, pais e alunos, na manhã desta quarta. Em vez da dança ensaiada para a ocasião, os estudantes do infantil II e seus professores fizeram uma homenagem ao garotinho Miguel Arruda da Motta Silveira Neto, de 3 anos, morto em acidente de trânsito com a mãe, a servidora do Tribunal de Justiça Maria Emília Guimarães, 39, e a babá Roseane Maria de Brito, 23 (grávida de três meses), no dia 26, na Tamarineira, Zona Norte do Recife.

“Foi muito emocionante. As crianças soltaram balões brancos junto com os professores e ergueram a faixa (onde tinha escrito: Miguel, você mora em nossos corações)”, relata a mãe de dois alunos da escola que estava presente e preferiu não se identificar. “A comoção foi geral. Difícil a gente não chorar ao ver crianças tão pequenas já entendendo que uma vidinha partiu”.

A festinha de Natal de alunos do ensino infantil do Colégio Damas, na Zona Norte do Recife, virou momento de comoção geral entre professores, pais e alunos, na manhã desta quarta. Em vez da dança ensaiada para a ocasião, os estudantes do infantil II e seus professores fizeram uma homenagem ao garotinho Miguel Arruda da Motta Silveira Neto, de 3 anos, morto em acidente de trânsito com a mãe, a servidora do Tribunal de Justiça Maria Emília Guimarães, 39, e a babá Roseane Maria de Brito, 23 (grávida de três meses), no dia 26, na Tamarineira, Zona Norte do Recife. “Foi muito emocionante. As crianças soltaram balões brancos junto com os professores e ergueram a faixa (onde tinha escrito: Miguel, você mora em nossos corações)”, relata a mãe de dois alunos da escola que estava presente e preferiu não se identificar. “A comoção foi geral. Difícil a gente não chorar ao ver crianças tão pequenas já entendendo que uma vidinha partiu”. Veja mais em JC.COM.BR ou no link da bio. Vídeo: Cortesia. #Luto #Homenagem #Miguel #Recife #JC #JornaldoCommercio



Uma publicação compartilhada por Jornal do Commercio PE (@jc_pe) em

EM RECUPERAÇÃO

O pai do garoto, o advogado Miguel Aruda da Motta Silveira Filho, 46, está internado no Hospital Santa Joana junto com a filha, Marcela Guimarães da Motta Silveira, 5. Segundo o hospital, ele está evoluindo a cada dia e já se encontra no quarto, em recuperação de traumas no tórax e no abdome. A garota, que teve traumatismo cranioencefálico, permanece em estado grave, respirando com a ajuda de aparelhos, mas tem quadro neurológico estável, do ponto de vista clínico.

O responsável pelo acidente, o jovem João Victor Ribeiro de Oliveira Leal, 25, foi indiciado por triplo homicídio doloso (com intenção) e dupla lesão corporal grave. Se condenado, pode pegar 70 anos de prisão. Ele está preso no Cotel, em Abreu e Lima, no Grande Recife.


Recomendados para você


Comentários

Por sabino,07/12/2017

Todo dia penso nessas pessoas que se foram e nos seus familiares e as vezes vem um sentimento de revolta. Blasfemo, peço perdao a Deus por isto. Interrogo: o capeta protegeu esse criminoso que matou pessoas e outro ser que nasceria?



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM