Jornal do Commercio
carnaval

Super-heróis fazem a festa da criançada do Hospital de Câncer

Transforrmers, Homem-Formiga e Homem de Ferro viraram pop stars pelos corresdores da unidade de saúde

Publicado em 04/02/2016, às 16h41

Pequenos ficaram impressionados com as fantasias de heróis / Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

Pequenos ficaram impressionados com as fantasias de heróis

Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

Do JC Online

O Hospital de Câncer de Pernambuco foi invadido nesta quinta-feira (4) por uma turma de super heróis famosos. Transforrmers, Homem-Formiga e Homem de Ferro viraram pop stars pelos corresdores da unidade de saúde. Até Darth Vader, o vilão mais odiado do cinema, apareceu, mas sem essa de "lado negro" da força. E não poderia ser diferente. Bastava olhar os rostos das cerca de 30 crianças do setor de oncologia para constatar que o verdadeiro heroísmo era arrancar sorrisos dos pequenos, mesmo que confinados por conta do tratamento. 

Um misto de admiração de alegria tomou conta de todos quando os heróis entraram na enfermaria. Um dos mais maravilhados era Pedro Henrique, de 13 anos. O garoto está internado há 15 dias para tratar de um abcesso no joelho. O sorriso era uma constante, independente do momento de tratamento que ele passa. Chegou por último, após ter pedido pressa à enfermeira que fazia seus curativos. "Ele já estava agoniado para terminar e vir para cá", disse. 

Quando chegou à enfermaria, foi logo cercado pelos personagens, que disputavam a atenção do garoto. Quando perguntado sobre qual ele mais gostava, Pedro não titubeou. "Transformers é o meu preferido. A visita foi bem legal. Deu para animar as pessoas que ficam aqui e quase não saem do quarto. Foi muito divertido."

Folião nato, Pedro disse o que espera para esse Carnaval. "Quero dar uma saída do hospital, olhar o Galo, não é, pai?", disse o pequeno, com os olhos brilhando. Muito emocionado, o agricultor Pedro Neto, pai do pequeno Henrique, só conseguiua agradecer aos voluntários.  "Numa hora dessas, por conta da situação que eles passam, num tratamento tão severo, é importante apoio como esse. Mas chega um pessoal desse para dar uma força, deixa o alto astral lá em cima. E não só deles, mas da gente também".

Outro que estava super empolgado foi o pequeno Lucas, de 12 anos. Ele saiu do quarto que estava, ajudado pelos familiares, até o corredor, para ver os super-heróis, mesmo deitado na cama. De sorriso fácil, fez logo amizade com o Homem de Ferro. O motivo? O voluntário é torcedor do Sport, assim como o pequeno. E ainda espantou um dos Transformers. "Ele é tricolor, deixa ele para lá", brincou.

O idealizador da visita foi o jornalista Silvio Menezes. Ele é dono de todas as fantasias e resolveu chamar alguns amigos para ajudar. "Tive a ideia de animar o pessoal aqui do hospital, chamei alguns amigos e eles toparam prontamente. É uma satisfação muito grande participar. Parece clichê mas realmente os maiores beneficiados somos nós", frisou.

Além dos setor infantil, os heróis passearam por outras alas do hospital, se juntando à festa de Carnaval do Huoc, que também contou com oficinas de maracatu e com a orquestra renascer. A doutora Cláudia Barbosa, superintendente administrativa do hospital, era uma das mais animadas. "Os super heróis foram uma grata surpresa esse ano. Um plus e tanto".

No fim, um mar de cliques com os personagens, muitos sorrisos de todos no Hospital e a certeza de que gestos como esse fazem a diferença na vida desses pequenos.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM