Jornal do Commercio
Folia

Grandes congestionamentos para chegar no Carnaval de Olinda

Apesar do esquema de transporte montado, o folião pode levar até uma hora para entrar na cidade

Publicado em 11/02/2018, às 22h33

Espera é grande e alguns táxis não estão entrando no foco de folia / Foto: Luiz Pessoa/JC Imagem
Espera é grande e alguns táxis não estão entrando no foco de folia
Foto: Luiz Pessoa/JC Imagem
JC Online

Para chegar ou sair da folia em Olinda, muita gente tem encontrado dificuldade. Embora a prefeitura tenha criado acessos preferenciais para Uber e Táxis, o congestionamento para conseguir chegar ao Largo do Varadouro, um dos principais acessos ao Sítio Histórico, tem deixado os foliões presos dentro do transporte por até uma hora.

Justamente para evitar engarrafamentos, a prefeitura da cidade criou o serviço de Estacionamento Legal, que começou a funcionar no sábado (10) e segue até esta terça-feira (13). O motorista tem a opção de deixar o carro no Centro de Convenções pagando um total de R$ 7,50, que dá direito à passagem do Expresso Folia. Embora apontado como uma boa solução, quem utilizou o serviço ficou na bronca. “O estacionamento é uma boa opção. Deixamos o carro e seguimos de ônibus, mas o trajeto, embora curto, não é cumprido em tempo hábil. Levamos pouco mais de 40 minutos do Centro de Convenções até o Varadouro, tudo por conta do congestionamento”, afirma o advogado Sérgio Ribeiro, 42. Uma festa privada antes da entrada na cidade alta tem feito com que alguns táxis encerrem a corrida antes de chegar à área onde é mais forte o Carnaval de rua.



Se para ir a espera já é grande, para sair da cidade a dificuldade perdura. Ana Lúcia Pereira, 36, ficou à espera dos ônibus por quase 50 minutos. De acordo com informações da própria prefeitura, 86 agentes de trânsito estão trabalhando na cidade, além dos pontostos de bloqueios instalados. Quem transita de carro também sofre na saída, complicada com obras que estão ocorrendo na PE-15, na altura do Fórum de Olinda.

 


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM