Jornal do Commercio
Carnaval 2018

Bloco 'Boi da Macuca' mistura forró e frevo nesta segunda em Olinda

Fundado em 1989, o bloco 'Boi da Macuca' está se preparando para sair às 16h00; A concentração do cortejo é no Bar do Ró.

Publicado em 12/02/2018, às 15h26

Rudá Rocha, 34, servidor público e músico e a namorada Maria Cristina Lira, 33, administradora / Foto: Luana Nova/JC Cultura
Rudá Rocha, 34, servidor público e músico e a namorada Maria Cristina Lira, 33, administradora
Foto: Luana Nova/JC Cultura
JC Online
Atualizada às 21h

Fundado em 1989, o bloco 'Boi da Macuca' está se preparando para sair às 16h00 para espalhar por Olinda sua mistura de ritmos nordestinos. A concentração do cortejo é no Bar do Ró (Rua Orlando Silva, 47). A partir desse ponto, o bloco segue pelo Amparo, Quatro Quantos, Prefeitura, até a rua da Boa Hora, no Varadouro.

O filho do idealizador da Macuca, Rudá Rocha, 34, que participa da folia desde pequeno, afirma que a principal contribuição do bloco é trazer o forró para o Carnaval de Olinda. "Há três anos a gente resolveu convidar a orquestra do Maestro Oséas pra tocar um repertório que a Macuca já tinha, então a orquestra sai tocando com os arranjos de frevo as músicas de Luiz Gonzaga, Dominguinhos", afirmou.

Além disso, uma sonoridade mais moderna também faz parte do repertório, entre os nomes: Banda Eddie, Academia da Berlinda e Otto. "A principal marca é fazer essa interação entre a tradição centenária das orquestras de frevo e o que tem de mais moderno aqui em Olinda", finalizou.

O CORTEJO

Com mais de uma hora de atraso, o Boi da Macuca tomou as ruas de Olinda por volta das 17h30. Os foliões, que começaram a se concentrar às 14h, já aparentavam estar bem ansiosos, mas isso não fez com que arredassem o pé do entorno do Bar do Ró, onde a orquestra do Maestro Oséas tocou forró a tarde inteira. O espaço, entretanto, era pequeno para tanta gente, fazendo com que os mais animados dançassem "agarradinho" pelas ladeiras. O cortejo saiu ao som de Ciranda de Maluco, clássico de Otto, agitando a galera, que brincava na paz.



Confira os vídeos:

Nos arredores do bloco, no Amparo, tinha gente vestida de tudo quanto é jeito. Alguns preferiram apostar numa fantasia mais irreverente, como no caso da dentista Cristiane Cavalcanti, de 32 anos, que estava de "unicôrnia", uma mistura de unicórnio e corna, segundo ela mesma afirmou. Outros foliões resolveram ficar com o mais tradicional, inspirando-se em filmes e séries de TV, a exemplo do professor de Educação Física Vinícius Soares, de 30 anos. Há três carnavais, ele transforma-se nO Máskara.

 "Quando eu era pequeno o pessoal me apelidava muito por conta do tamanho da minha boca. Nisso, quando comecei a achar o personagem parecido comigo, resolvi fazer essa fantasia e agora gosto de passar no polo infantil para tirar foto com a criançada", afirmou Vinícius, que também acompanha as prévias e o São João da Macuca.

Confira abaixo essas e outra fantasias interessantes que coloriram esta segunda-feira carnavalesca, além de imagens do preparatório e saída do bloco 'Boi da Macuca':


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior
Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM