Jornal do Commercio
Mobilidade

Recorde de público provocou dificuldade na volta para casa, diz CTTU

A CTTU informou que convênio de táxi e frota do Expresso Folia foram ampliados este ano para atender a grande demanda de passageiros

Publicado em 13/02/2018, às 12h43

Segundo a companhia, foi registrado um público recorde de 300 mil pessoas no bairro do Recife Antigo / Foto: Diego Nigro / JC Imagem
Segundo a companhia, foi registrado um público recorde de 300 mil pessoas no bairro do Recife Antigo
Foto: Diego Nigro / JC Imagem
JC Online

Atualizada às 13h52

A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) divulgou uma nota se justificando a respeito dos relatos de foliões que tiveram dificuldade para voltar para casa saindo do Recife Antigo na noite dessa segunda-feira de Carnaval. Segundo a companhia, foi registrado um público recorde de 300 mil pessoas no local. A segunda é o dia em que tradicionalmente há shows de artistas nacionais no polo do Marco Zero. Neste ano, subiram ao palco Silvério Pessoa, Devotos, Natiruts, Skank e Nando Reis. 

A CTTU informa que montou um esquema de mobilidade para viabilizar o acesso do público, com um total de 240 agentes e orientadores de trânsito e 30 profissionais que gerenciam a operação do Expresso da Folia, que trabalharam entre a noite da segunda (12) e a madrugada da terça (13). 

"Em relação aos relatos de dificuldades na mobilidade, a CTTU esclarece que, na noite de ontem, foram vendidos 17.036 bilhetes do Expresso da Folia, 86% a mais do que na segunda-feira de Carnaval do ano passado, quando 9.149 bilhetes foram vendidos, e mais da metade de todo o Carnaval de 2017. Para atender esse aumento significativo da demanda de passageiros, foram acrescentados 19 ônibus na frota que operou durante o dia, totalizando 47 veículos em operação", diz trecho da nota. 

Os foliões tiveram que encarar muitos transtornos após os shows do Marco Zero. Entre as principais reclamações estão falta de transporte público suficiente, casos de arrastão e correria.



"Eu tentei sair no intervalo entre os shows de Skank e Nando Reis, por volta das 2h. O transporte que eu consegui, quando consegui foi às 3h, depois de andar muito para achar um táxi vazio e disposto a levar a gente. Isso porque só iríamos até o Rosarinho (bairro da Zona Norte do Recife). O preço dinâmico do Uber estava o dobro do normal. O táxi estava mais barato, mas mesmo assim não aparecia ninguém", reclamou o estudante de engenharia Arquimedes França."

Leia a íntegra da nota

"A Autarquia de Trânsito e transporte urbano do Recife (CTTU) informa que montou um grande esquema de mobilidade com o intuito de viabilizar o acesso ao Bairro do Recife, onde está localizado o maior foco da folia do Carnaval e que ontem registrou um dos maiores públicos da história da folia recifense, com mais de 300 mil pessoas. No total, 240 agentes e orientadores de trânsito, além da equipe que gerencia a operação do Expresso da Folia, formada por 30 profissionais, trabalharam na noite da segunda-feira (12) e na madrugada desta terça-feira (13).

Em relação aos relatos de dificuldades na mobilidade, a CTTU esclarece que, na noite de ontem, foram vendidos 17.036 bilhetes do Expresso da Folia, 86% a mais do que na segunda-feira de Carnaval do ano passado, quando 9.149 bilhetes foram vendidos, e mais da metade de todo o Carnaval de 2017. Para atender esse aumento significativo da demanda de passageiros, foram acrescentados 19 ônibus na frota que operou durante o dia, totalizando 47 veículos em operação. É importante lembrar ainda que as linhas do Expresso da Folia que saem da Zona Sul (shoppings RioMar e Recife) contam com faixa exclusiva no Cais de Santa Rita, a partir da altura do edifício Píer Maurício de Nassau. Já os que saem da área norte (shoppings Plaza e Tacaruna) contam com faixa exclusiva na Ponte do Limoeiro e na Avenida Cais do Apolo. A medida está sendo realizada com o auxílio de blocos de concreto, garantindo ainda mais rapidez às viagens.

Já em relação ao serviço de táxi, a CTTU informa que, em 2018, assinou o Convênio Táxi Metropolitano com 9 municípios da RMR, quatro a mais do que o carnaval de 2017. São eles: Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço, Camaragibe, Paulista, Abreu e Lima, Igarassu, Itapissuma e Cabo de Santo Agostinho. A frota desses municípios foi somada aos 6.126 táxis cadastrados no Recife, havendo um reforço de cerca de 50% nos táxis disponíveis aos foliões. Além disso, para facilitar o embarque e desembarque das pessoas , a CTTU montou quatro pontos de táxis provisórios em locais estratégicos do Bairro do Recife, um a mais do que em 2017. Os pontos estão localizados na esquina da Avenida Martins de Barros com a Ponte Maurício de Nassau, na Avenida Alfredo Lisboa, em frete ao edifício da Receita Federal e em cima das pontes Buarque de Macedo e Giratória". 


Recomendados para você


Comentários

Por JAlves,14/02/2018

Enquanto os orgáos que gerencia o transito do Recife for composto por cupixas e parentes de Politicos náo vamos ter progresso, ate o onibus expresso passava horas retido no cais Jose Estelita como qualquer veiculo, o terminal de onibus da zona sul no cais de santa Rita foi um verdadeiro caos, acreditem ate pouco tempo tinhamos trem de forro e frevo aportando no Marco Zero. cada povo tem o Governo que Merecem.

Por Jose ,14/02/2018

É. O pernambucano pensa que o mundo é besta. Ele acha que o Recife é a mais bela cidade do mundo. O seu carnaval é a melhor festa brasileira, e por aí vai. Entretanto essa mania de grandeza lhe custa caro. O faz não enxergar a realidade. Em verdade o Recife é a capital mais imunda do Brasil, cheia de lixo e imundicie. As ruas do trajeto do Galo da Madrugada são uma decadência só. As paredes dos imoveis sujas e deterioradas. O meio fio cheio de lixo. Por que o maior evento cultural do Estado de Pernambuco - o Galo da Madrugada - não tem uma melhor gestão? Até o boneco gigante do Galo é um espantalho. Este ano a figura foi horrorosa. Um simbolo que devia nos orgulhar nos causou constrangimento.

Por PAULO CARRERAS,14/02/2018

Lamentável que todos os anos se repita a falta de organização para ajudar as pessoas que forem ao carnaval no Recife Antigo. Agora para multar é a maior eficiência.

Por Wagner Araujo,13/02/2018

Gente! Este é o primeiro carnaval em Recife! Nunca houve festa assim por aqui... vamos dar um desconto aos inexperientes diretores da CTTU. É por isso que tantos problemas vieram à tona. Se todos os anos já houvesse esse tal de carnaval por aqui, aí tudo bem, poderíamos cobrar e outra, os diretores da CTTU não são nomeados ao gosto de conveniências e indicações baseadas em interesses, não, não! E eu DUVIDO que a incompetência de outros tantos responsáveis por pensar em um modelo eficiente de mobilidade seja algo real nestas administrações.

Por celso silva,13/02/2018

Eu acredito em Saci Pereré, nesse pessoal que Governa tanto o Estado e Prefeitura só emitir nota MENTIROSA.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM