Jornal do Commercio
Morte

Carro fica imprensado entre caminhões e uma pessoa morre na BR-232

Acidente ocorreu nas proximidades do KM 32, no distrito de Bonança

Publicado em 11/01/2017, às 11h13

Com o impacto, o carro foi destruído  / Foto: Divulgação
Com o impacto, o carro foi destruído
Foto: Divulgação
JC Online

Um grave acidente foi registrado por volta das 10h15, na manhã desta quarta-feira (11) envolvendo dois caminhões e um carro de passeio, na BR-232, em Bonança, distrito do município de Moreno, na Região Metropolitana do Recife (RMR). De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) a colisão ocorreu perto do KM 32, mas, diferentemente do que foi divulgado inicialmente, não apenas uma, mas duas pessoas morreram no acidente.

Ainda de acordo com a PRF, para não colidir com um dos caminhões o condutor do carro reduziu a velocidade, mas acabou sendo imprensado por um caminhão que vinha logo atrás. Uma viatura da PRF foi enviada ao local da ocorrência. Os veículos foram retirados da via às 16h10.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

SERVIÇO

Em caso de acidente, o motorista ou as testemunhas devem entrar em contato com os órgãos de trânsito dos municípios. Na Região Metropolitana do Recife, os principais telefones são:

Locais Telefone
Recife 0800.081.1078
Olinda (81) 3305.1021
Jaboatão 0800.281.2099
Cabo (81) 3521.6763
Paulista (81) 98181.2070
Camaragibe (81) 3458.2983
BRs 191
PEs 190
Quando há vítimas 192 e 193

Recomendados para você


Comentários

Por Anderson,11/01/2017

Esse tipo de caminhoneiro é amaldiçoado! No CTB são eles os responsáveis pela segurança dos veículos menores, mas comentem várias infrações: - desatenção -falta de manutenção no freio/pneus. -Excesso de carga...



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM