Jornal do Commercio
Aumento

Com 14% de reajuste, passagem de ônibus aumenta para R$ 3,20 no Grande Recife

Aumento causou protestos pela BR-101 e pela Zona Oeste do Recife

Publicado em 13/01/2017, às 09h38

Anel A atende cerca de 70% dos passageiros de ônibus / Guga Matos/JC Imagem
Anel A atende cerca de 70% dos passageiros de ônibus
Guga Matos/JC Imagem
JC Online
Atualizada às 11h40

Após menos de cinco minutos de votação na reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), o reajuste nas passagens de ônibus da Região Metropolitana do Recife foi definido nesta sexta-feira (13). Apesar de o Sindicato das Empresas de ônibus (Urbana-PE) ter proposto um aumento de 33,93%, o martelo foi batido para o valor de R$ 3,20 para o anel A, o equivalente a um reajuste de 14,26%, tendo em visto a tarifa atual que custava R$2,80.

De acordo com informações da assessoria de comunicação da Secretaria das Cidades, o preço da passagem para o anel B salta de R$3,85 para R$4,40, enquanto o anel D pula agora para R$ 3,45 e o anel G para R$2,10. A mudança começa a valer a partir da 0h deste domingo (15).

Na reunião, realizada nesta manhã, 24 representantes de diversos órgãos públicos e de setores da sociedade deliberaram sobre o aumento nas tarifas. Entre eles, estão o presidente do Conselho e secretário das Cidades, Francisco Papaléo, Guilherme Uchôa, presidente da Assembleia Legislativa, João Braga, Secretário de Mobilidade Urbana do Recife, Fernando Bandeira, presidente da Urbana-PE e Leonardo Beltrão, superintendente do metrô do Recife.

Já entre os representantes da sociedade civil estão Márcio Morais, da Frente de Luta pelo Transporte Público, quatro representantes dos usuários e dois representantes dos contemplados pela gratuidade, um por parte dos deficientes e outra pelos idosos.

 

Protestos

A medida gerou um protesto na via local da BR-101, iniciado por volta das 7h50, organizado por estudantes e integrantes da Frente de Luta pelo Transporte Público. Em seguida, em frente ao Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE),  onde ocorreu, a partir das 8h30, a reunião do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), o grupo continuou a manifestação:

Após a reunião, os manifestantes realizaram uma passeata, partindo da sede do Detran em direção à Avenida Caxangá, onde bloquearam o trânsito nos dois sentidos. O tráfego foi liberado por volta das 10h30.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Veja o aumento na tarifa de ônibus nos últimos anos

 

 

Tomando como base o anel A, utilizado por 70% dos usuários de ônibus, o aumento visto entre os anos de 2013 e 2017 registra uma variação de R$1,05 no bolso dos passageiros. Já em 2001, a tarifa para o Anel A custava R$ 0,90, o que equivale a R$ 2,30 a menos que o valor aprovado na manhã desta sexta-feira. Para acompanhar a evolução das tarifas do início deste século até o ano de 2016, clique aqui.

Recomendados para você


Comentários

Por Marcia,14/01/2017

Pior de tudo, é vc morar em Candeias, pagar passagem cara p ir ate o centro e ter q esperar 1h na parada!!!! Já piedade tem passagens ais baratas e maior quantidade de onibus!!!!! Isso p gente nao falar dos onibus com ar condicionado sem ser opcionais q foram prometidos há uns 3 aumentos atras e te agora NADA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Por JUAREZ TÁVORA,13/01/2017

Pouca vergonha do governador, apunhalar a população pelas costas. Seu cabra mentirosos, na sua campanha para se eleger mentiu, mentiu dizendo que seria tarifa única de R$ 2,15. Coloquem os nomes das pessoas que integram esse conselho e como votou cada um. Povo pernambucano, saímos às ruas, todos andando pelas ruas e avenidas, vamos parar, vamos parar Recife, Olinda, Jaboatão, etc. Vamos sair do nosso comodismo porque a classe política e empresarial estão botando pra lascar em nós.

Por Lig,13/01/2017

Resumindo mais desemprego :(

Por arcanjo castro,13/01/2017

Estão reclamando de que? bando de trocha... vão brincar o carnaval é só para isso que o recifense presta....toma aí 14% a nas tuas contas.

Por Fernando dias,13/01/2017

Vamos fechar a Agamenon Magalhães e a Conde da Boa vista hoje a tarde



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM