Jornal do Commercio
Vem

Livre Acesso: usuário deve agendar recadastramento até dia 6 de março

É possível agendar datas até o mês de abril

Publicado em 08/02/2017, às 09h55

O Grande Recife conta atualmente com 89 mil usuários / Divulgação/Grande Recife Consórcio de Transporte
O Grande Recife conta atualmente com 89 mil usuários
Divulgação/Grande Recife Consórcio de Transporte
JC Online

Os usuários que têm direito ao Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) Livre Acesso devem agendar o recadastramento até o dia 6 de março. É possível agendar datas até o mês de abril, através do site do Vem Livre Acesso, ou dos telefones  (81) 3125-7575 ou 0800.081.0158. O recadastramento ocorre de segunda a sexta, das 7h às 18h, na Avenida Mascarenhas de Morais, número 1999, no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul do Recife. 

Ao fazer o agendamento, o usuário já deve ter documentação atualizada original. É necessário: cédula de identidade, CPF, comprovante de residência, além dos laudos, declarações e/ou exames que comprovem a deficiência. Os cartões que não forem recadastrados serão automaticamente cancelados. Atualmente, o Grande Recife possui aproxidamente 89 mil usuários do Vem Livre Acesso. 

Agendamento

O agendamento através do site está disponível 24h. Já o feito através do telefone pode ser realizado de segunda a sábado, das 7h às 19h. Vale lembrar que o usuário pode realizar três tentativas de agendamento. Nas duas primeiras não há ônus à pessoa caso ela não possa comparecer e desmarque o atendimento com cinco dias de antecedência. Caso ele agende e não compareça, ultrapasse duas tentaivas ou desmarque fora do prazo, deverá pagar uma taxa no valor de R$ 44,00, equivalente a 10 tarifas do Anel B.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM