Jornal do Commercio
Insegurança

Grande Recife já possui mais de 500 assaltos a ônibus em 2017

Em janeiro e fevereiro, já foram contabilizados 513 assaltos a ônibus

Publicado em 15/02/2017, às 09h28

Em fevereiro, foram 168 investidas a coletivos até o dia 14 / Alexandre Gondim/JC Imagem
Em fevereiro, foram 168 investidas a coletivos até o dia 14
Alexandre Gondim/JC Imagem
JC Online

Com uma média de mais de 11 assaltos a ônibus por dia, a Região Metropolitana do Recife (RMR) superou 500 investidas até o dia 14 de fevereiro deste ano: foram 513. A quantidade é maior do que a soma dos assaltos a ônibus ocorridos em janeiro (175), fevereiro (75) e março (148) do ano passado. Apenas nas últimas 24h, foram 19 investidas. 

O número é o maior já registrado desde que teve início a contagem, feita pelo Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, em parceria com a Rádio Jornal. O Sindicato, inclusive, fará uma assembleia para decidir se a categoria irá ou não cruzar os braços durante as festividades de Momo. Os Rodoviários afirmam que já enviaram 12 ofícios para os órgãos responsáveis em Olinda e Recife, cobrando uma resposta. 

De acordo com a Polícia Militar, que realiza a Operação Transporte Seguro, de janeiro até o dia 8 de fevereiro de 2017 foram feitas 3.928 abordagens, que resultaram na apreensão de 10 armas de fogo e duas armas brancas, sendo 22 pessoas encaminhadas a Delegacia. A PM ainda relata que a Operação também identifica os pontos com maior incidência de ocorrências, de acordo com informações colhidas junto ao Grande Recife Consórcio de Transporte e aos boletins de ocorrência. As abordagens são feitas por dez equipes espalhadas em locais pré-identificados.

Últimas 24h

No total, no mês de fevereiro já foram contabilizados 168 assaltos a ônibus na Região Metropolitana. Nas últimas 24h, foram registrados assaltos em Recife, Olinda, Paulista e Jaboatão dos Guararapes. As investidas ocorreram nos bairros de Afogados (dois), Imbiribeira, Cajueiro, Passarinho, São José, Ibura, Fundão e Campo Grande, no Recife; Muribeca e Curado, em Jaboatão; Bultrins, Peixinhos (três), Cidade Tabajara e Avenida Pan Nordestina, em Olinda e Arthur Lundgren I e Paratibe, em Paulista.

Recomendados para você


Comentários

Por cearense arretado,15/02/2017

A situação da RM de Recife é caótica, dramática, e não são só os ônibus, entrar no metrô e sair vivo é um verdadeiro milagre, já não basta a situação degradante a qual se encontra o sistema. Não sei onde iremos piorar, caos instaurado, Recife grita por socorro!!

Por Marie,15/02/2017

No ultimo domingo, meu sobrinho voltando do trabalho no Porto de Recife, apanhou um ônibus TI Xambá para vir ao Centro da Cidade e apanhar o Metrô, já evitando de vir a pé até a Estação Central de Recife. Sofreu assalto nesse ônibus sendo levado seu celular (3º vez). Dois moleques, um ele falou que não tinha nem 12 anos, estavam com facão cada um, que colocou no pescoço dos passageiros e tomaram seus pertences. Essa é a nossa rotina! Governador cadê o Pacto Pela Vida!!!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM