Jornal do Commercio
Falha

Bug dava corridas gratuitas no Uber

Erro foi corrigido em agosto de 2016, mas o rapaz que descobriu - e informou - a empresa sobre resolveu comentar a história

Publicado em 06/03/2017, às 17h46

Truque fazia com que a pessoa trocasse um método de pagamento normal por um código aleatório / Diogo Cavalcante/JC Trânsito
Truque fazia com que a pessoa trocasse um método de pagamento normal por um código aleatório
Diogo Cavalcante/JC Trânsito
JC Online

Uma falha no sistema do aplicativo da Uber fazia com que os usuários do serviço viajassem de graça. O bug, descoberto pelo pesquisador de segurança indiano Anand Prakash, foi relatado à empresa em agosto de 2016 e prontamente corrigido, mas o rapaz resolveu comentar o caso em seu blog e no seu canal no Youtube nessa sexta-feira (3). 

O truque funcionava assim: após pedir uma corrida, na hora do pagamento, o indiano trocava por um método inválido, inserindo um código aleatório. Assim, o sistema não conseguia realizar a cobrança e o passageiro viajava de graça. Pela descoberta, Anand Prakash recebeu US$ 5.000 (equivalente a quase R$ 16.000) da Uber como recompensa. Você pode ver com mais detalhes no vídeo abaixo, postado pelo próprio rapaz.

Programa de recompensas

Pesquisadores de segurança que acham vulnerabilidades no sistema da Uber podem ganhar entre 100 e 10 mil dólares da empresa - valores equivalentes a R$ 312,70 a R$ 31.270,00 - dependendo da gravidade do bug relatado. A ação faz parte de um programa de recompensas da empresa.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM