Jornal do Commercio
Insegurança

'Está havendo enfrentamento', diz presidente da Urbana-PE sobre assaltos a ônibus

O presidente da Urbana-PE participou de um debate promovido pela Rádio Jornal

Publicado em 06/03/2017, às 12h49

De acordo com a SDS, 374 ônibus foram assaltados em janeiro e fevereiro deste ano / JC Imagem
De acordo com a SDS, 374 ônibus foram assaltados em janeiro e fevereiro deste ano
JC Imagem
JC Online

Em debate promovido pela Rádio Jornal sobre os números de assaltos a ônibus no Grande Recife, na manhã desta segunda-feira (6), o presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE), Fernando Bandeira, afirmou que os empresários estão trabalhando para amenizar a quantidade de investidas de bandidos aos coletivos. Segundo ele, estão sendo colocadas câmeras de alta resolução dentro dos coletivos, além de GPS, possibilitando uma evolução técnica para a instalação de um botão do pânico.

"Buscamos dar tranquilidade ao nosso cliente, de entrar no nosso ônibus e saber que vai fazer uma viagem segura. O que for possível ser feito, para que dê mais segurança, será feito", relatou Fernando. O presidente da Urbana-PE também destacou que os motoristas e cobradores de ônibus são orientados a registrarem boletim de ocorrência todas as vezes em que os coletivos sofrem a investida dos bandidos. "Eles não precisam ir para a delegacia, eles podem fazer online. Mas têm que fazer o BO ou serão punidos", acrescentou.

Participaram do debate, além de Fernando Bandeira, o representante da Polícia Militar, Major Tavares; o delegado Joel Venâncio e o deputado Eduíno Brito. De acordo com o Major Tavares, a Polícia Militar está trabalhando em parceria com a Polícia Civil, atuando contra os crimes nos principais corredores. "Nós fazemos o mapeamento dos locais mais sensíveis. Por isto já abordamos quase 6 mil coletivos e fizemos 31 encaminhamentos para a PC. Estamos vendo a redução dos números neste começo de março, em que foram registrados em torno de 16 assaltos, uma média de 3,2 por dia. Em fevereiro, este número foi 6", comentou.

O delegado Joel Venâncio também reforçou que a Polícia Civil vem trabalhando para reduzir os números. "Já fizemos 22 prisões e estas prisões impactam, porque são criminosos que fazem vários crimes. Na BR-101 Sul já fizemos sete prisões e já houve uma redução de 44% no número de assaltos", declarou Joel. Ele ressalta que as câmeras de alta resolução e o GPS iriam ajudar nas investigações. "Logicamente que a gente precisa que todos os ônibus estajam com estes equipamentos, pois o recado que fica para as pessoas que cometem o crime é de que elas serão reconhecidas".

Diferença nos números

Sobre as divergências entre os números contabilizados pela Secretaria de Defesa Social (SDS) e pelo Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, em parceria com a Rádio Jornal, o major Tavares declarou que os dados da SDS são os oficiais. De acordo com o órgão, o número de assaltos em janeiro foi de 199, enquanto que em fevereiro foram 175, totalizando 374 assaltos a ônibus. Já para o Sindicato, o número foi de 674, sendo 345 em janeiro e 329 em fevereiro. "Os dados são coletados de maneira profissional. A gente faz de uma forma de garanta que não haja a duplicidade. Fazems a contagem com base nos BOs, para que a informação seja muito bem apurada e transparente", comentou o major.

Recomendados para você


Comentários

Por JEAN BARROS,06/03/2017

Pelo que entendi, neste debate, os números informados por Eliel, todos os dias são ridículos. Segundo a Urbana Recife e a SDS. Eu acredito sim, na informação dada todas as manhãs por este repórter tão competente. Acho que a SDS e esta Urbana Recife, estão tentando iludir a população sobre a realidade que o estamos vivendo. Abram os microfones da rádio para o povo e coletem depoimentos das vitimas destes bandidos que diariamente aterrorizam nossa população. Acho que cabe a rádio explicar estes números, porque do contrário os outros órgãos, é que terão razão. Estes assaltos só diminuirá com intensas abordagens nos ônibus. Por exemplo todos os dias esta linha de TI XAMBÁ, tem assaltos, cadê a polícia que não age nesta área?

Por Kildare Johnson,06/03/2017

Percebo que os esforços estão sendo providenciados. Contudo, mostrar aos meliantes que o Estado não é omisso a situação é "imprescindível"! Os índices se elevam por conta da sensação da falta de segurança e a certeza dessa falta por conta dos bandidos, que estão levando vantagens nos dados estatísticos! Não é só com câmeras de alta resolução, mas com inteligência, investigação e, principalmente, punição!!

Por André,06/03/2017

O que os empresários estão fazendo é tirar os cobradores, fazendo com que os assaltantes roubem somente os passageiros e se vc não tiver VEM, não entra no ônibus, fica na rua mesmo tendo dinheiro pra pagar a passagem caríssima. Câmera adianta muito pouco pq os marginais estão nem aí pois sabem que não vai ter nenhuma investigação. Precisamos é de uma policia bem preparada e tolerância zero pra bandidagem. Aí sim vão pensar duas vezes antes de ir pro mundo do crime.

Por raquel,06/03/2017

Grande redução 16 casos há menos na contagem do sindicato...vcs acham isto redução...por favor...menos 16 coletivos que não foram assaltados em relação à fevereiro 345 coletivos...isto é um descaso com o cidadão... Policiamento?? vcs apenas não daram conta desta violência com estas câmeras que não intimida nem aedes aegypiti..fiscalização pessoal em pontos de paradas e trechos...e um treinamento aos motoristas tbm q abre essas portas p quem não devem e fecha ou queima parada quando não deve. A ação dos vendedores ambulantes infelizmente é um meio e vcs não se dão conta disto...enfim são inúmeros fatores q deve ser levado em consideração com grande cautela.

Por James,06/03/2017

Tem motorista que abre a porta do meio e a traseira e esses vagabundos entram, já presenciei isso muitas vezes, a última no dia do Galo entrou um monte de maloqueiros pelas portas traseira e do meio sem pagar passagem. E no meio da viagem, zombando da polícia com palavras chulas. Então alguns motoristas facilitam que isso aconteça.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Prêmio ISS Recife Prêmio ISS Recife
Principal item da receita própria dos municípios, o Imposto Sobre Serviços (ISS) entra no cofre das prefeituras tanto para custear despesas quanto para viabilizar investimentos nas cidades.
#ConexãoPelaVida #ConexãoPelaVida
Há quase dois séculos, o Real Hospital Português mantém a sua atenção voltada para o bem-estar dos pacientes. Conheça um pouco mais sobre a instituição médica que aos 162 não para de se modernizar
Agreste Empreendedor Agreste Empreendedor
O Agreste pernambucano é a região que mais cresce em Pernambuco. E, por incrível que pareça, a força motriz que puxou esse desenvolvimento foi o empreendedorismo.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM