Jornal do Commercio
Dia Mundial do Sono

Ação educativa alerta sobre sonolência no volante

Seis em cada 10 acidentes de trânsito acontecem por causa do sono. Evento acontece entre 10h e 12h desta sexta-feira (17)

Publicado em 16/03/2017, às 17h49

Ação / Divulgação/Rota do Atlântico
Ação
Divulgação/Rota do Atlântico
JC Online

Pegando carona no Dia Mundial do Sono, comemorado nesta sexta-feira (17), uma ação educativa com o intuito de alertar motoristas para a sonolência ao volante será realizada no quilômetro 37 da Rota do Atlântico, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife. Segundo dados da Associação Brasileira do Sono (ABN), seis em cada 10 acidentes de trânsito ocorrem em virtude de cansaço e sono ao volante.

A ação é promovida pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) em parceria com a concessionária que administra a rodovia expressa e a ABN. A ação, que ocorre entre 10h e 12h desta sexta-feira, contará com a participação da neurologista Hercília Rosa Xavier. 

Informativos intitulados “Não dê carona ao Sono!” serão distribuídos ao públio, que receberá também dicas sobre direção defensiva e boa conduta no trânsito, por intermédio de técnicos de Educação no Trânsito e da Turma do Fom-Fom. Ainda, exame de glicose e medição de pressão arterial também poderão ser feitos no evento. 

Serviço

Os interessados podem comparecer, das 10h às 12h desta sexta-feira (17) ao Estacionamento da Impsa, no quilômetro 37 da Rota do Atlântico. A ação é totalmente gratuita. 

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM