Jornal do Commercio
Insegurança

Falsos vendedores de pipoca assaltam dois BRTs em Olinda

Os assaltos aconteceram entre as 14h30 e 15h dessa quarta

Publicado em 30/03/2017, às 08h44

Os BRTs faziam as linhas 1976 - Pelópidas Silveira (PCR) e 1900 - PE-15 (PCR) / JC Imagem
Os BRTs faziam as linhas 1976 - Pelópidas Silveira (PCR) e 1900 - PE-15 (PCR)
JC Imagem
JC Online

Dois BRTs foram assaltados por homens disfarçados de vendedores de pipoca na tarde dessa quarta-feira (30), no bairro de Salgadinho, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Os assaltos foram seguidos e ocorreram entre as 14h30 e 15h. Segundo o Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, os dois homens utilizaram facas para levar os pertences dos passageiros dos dois coletivos.

 

Os BRTs faziam as linhas 1976 - Pelópidas Silveira (PCR) e 1900 - PE-15 (PCR). Ainda de acordo com o Sindicato, os assaltantes estavam na estação Salgadinho, subiram no primeiro BRT, levaram os pertences dos passageiros, desembarcaram, subiram no segundo e depois conseguiram fugir.

 No Recife

 

Durante um assalto a ônibus na Avenida Mascarenhas de Morais, no bairro da Imbiribeira, na Zona Sul do Recife, um passageiro reagiu e disparou contra os bandidos e chegou a rendê-los, mas eles conseguiram fugir. O caso também aconteceu nessa quarta-feira (29), por volta das 9h. Os tiros atingiram a porta do coletivo e ninguém ficou ferido. O ônibus fazia a linha 166 - TI Cajueiro Seco (Rua do Sol), da empresa Vera Cruz.



 Outro caso

 

Na última sexta-feira (24), a zeladora Cláudia Maria dos Santos Silva, de 49 anos, morreu durante um assalto a ônibus na UR-11, no bairro Ibura de Baixo, na Zona Sul do Recife. A princípio, acreditava-se que Cláudia havia pulado do coletivo, mas, segundo familiares, a porta do coletivo teria ficado aberta e a vítima acabou caindo durante a ação dos bandidos. A passageira chegou a ser socorrida, mas morreu, no último domingo (26), no Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área Central do Recife. O corpo de Cláudia foi sepultado na tarde dessa terça-feira (28), no Cemitério de Santo Amaro.

 Protesto

 

Membros do Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco foram às ruas para protestar contra a retirada dos cobradores e o crescente número de assaltos ocorridos nos ônibus da RMR na última sexta-feira (24). A categoria estacionou os ônibus na Avenida Guararapes, na Rua do Sol, na Avenida Conde da Boa Vista e a na Ponte Duarte Coelho, todos no Centro do Recife. De acordo com a contagem feita pela Rádio Jornal, em parceria com o Sindicato dos Rodoviários, desde 1º de janeiro de 2017 já foram registrados 1.025 assaltos a ônibus em Pernambuco. Apenas em março, foram 341 investidas.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Airton,30/03/2017

O criminosos estão com tudo,o indivíduo não tem segurança,mais quando a PF vai prender algum político, são vários carros e todos com armas de guerra e a globo antecipadamente já informada ,desestabiliza o povo e o país,com suas crônicas e opiniões destrutivas .porque a PF não dá em cima desses terroristas que explodem caixas eletrônicos ,muito estranho. estranho,

Por J. R.,30/03/2017

Primeiramente ônibus não é lugar de comércio ilegal! O metrô está destruído com essa historinha de mercado ambulante dentro do metrô! Agora já estão destruindo os BRTs, antes mesmo de concluírem o sistema. As autoridades em Pernambuco não passam de lixo. O sr. governador ignora tudo, mas a reeleição não, isso ele não só está atento como quer!

Por THIAGO,30/03/2017

Concordo plenamente com Beatriz, uma das soluções apontada pelos empresários é retirar os cobradores com o pagamento exclusivamente com os cartões VEM, com isso protege o dinheiro das empresas, enquanto os passageiros fiquem abandonados a própria sorte, como se os assaltantes só levassem a renda do cobrador. Até quando ?

Por Adilson,30/03/2017

Ninguém ver mais nenhuma viatura nessa rota do BRT , depois que passa do shopping Tacaruna só resta pedir a Deus, é um descaso da polícia, o comandante não precisa esperar o governador ( serve de nada ) dar a ordem, o batalhão responsável pela área não faz NADA, todo dia tem assaltos entre o Tacaruna e o terminal da PE-15 .

Por MARIA DAS DORES,30/03/2017

Pelo amor de Deus quando é que esse milhares de assaltos irão parar? A população não aguenta viver om tanta insegurança.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM