Jornal do Commercio
Infrações

CTTU vai utilizar videomonitoramento para multar a partir de maio

A fiscalização por meio das câmeras é permitida desde 2015, de acordo com resolução do Contran

Publicado em 03/04/2017, às 10h52

Inicialmente, apenas 10 câmeras serão utilizadas para fiscalização por agentes de trânsito / Foto: Divulgação/CTTU
Inicialmente, apenas 10 câmeras serão utilizadas para fiscalização por agentes de trânsito
Foto: Divulgação/CTTU
JC Online

A partir do dia 3 de maio, os motoristas que forem flagrados cometendo infrações através das imagens das câmeras de videomonitoramento da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) poderão ser multados. Nesta segunda-feira (3), alguns locais que possuem os equipamentos começaram a receber a sinalização, serviço que segue durante o mês de abril. Das 124 câmeras de monitoramento implantadas no Recife, inicialmente, apenas 10 serão utilizadas para a fiscalização com agentes da Central de Operações de Trânsito (COT) da CTTU.

 

Placas começam a ser colocadas nesta segunda na Avenida Recife, no cruzamento com a Rua Capitão Jacinto da Cruz; na Avenida Antônio de Góes, próximo à Secretaria de Administração do Estado e nas imediações do Túnel Josué de Castro; na Avenida Conselheiro Aguiar, no cruzamento com a Rua Padre Carapuceiro e Frei Leandro; na Avenida Norte, próximo ao cruzamento com a Rua José de Sá Carneiro; no cruzamento do Largo da Paz com a Estrada dos Remédios; na Avenida Agamenon Magalhães, no cruzamento com a Rua Doutor Leopoldo Lins; na Avenida Norte, no cruzamento com a Professor José dos Anjos e na Avenida Dois Rios, no cruzamento com a Rua Pintor Agenor de Albuquerque César.



 

A fiscalização por meio das câmeras é permitida desde 2015, de acordo com a resolução 532 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). É importante lembrar que a COT da CTTU funciona 24h por dia, nos sete dias da semana. Cerca de 20 agentes de trânsito serão os responsáveis pela fiscalização por meio das câmeras de videomonitoramento.

 

Tipos de infração

 

Os tipos de infrações fiscalizadas através das câmeras são, por exemplo, estacionamento em local proibido ou sobre a calçada, formação de fila dupla, conversão proibida e condução de motocicleta sem capacete. Outros tipos de infração como excesso de velocidade, que precisam de equipamentos aferidos pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) ou que necessitem da abordagem de agentes de trânsito, como conduzir sem documentos, não serão fiscalizadas pelas câmeras de videomonitoramento.


Recomendados para você


Comentários

Por Mauro,04/04/2017

O trânsito em Recife é caótico, é tanta coisa errada que eu vejo durante poucos minutos na rua, como falaram anteriormente, motoristas que invadem a faixa do BRT ou da faixa exclusiva se aproveitando do não alcance das câmeras em certas avenidas, retornos proibidos, avanços de sinal, pegar "pequena contramão" como hoje aconteceu comigo em uma rua no bairro da Madalena, como eu estava no sentido correto, me senti no direito de permanecer imóvel até que o condutor na contramão tomasse qualquer atitude, que foi a de esperar que eu passasse para finalizar a infração com classe. Os poucos guardas que tem, preferem perseguir carros rebaixados, motos com escapamento aberto, mas em maioria, esses nem são os infratores, as 50tinhas continuam rodando sem capacete, sem placa e por cima das calçadas.

Por sabino,03/04/2017

Quem comete mais infrações no transito sao os coletivos e os carros oficiais. Mas estao livres das multas. Sem falar das motos.

Por Marcelo Martins,03/04/2017

Quando será que veremos uma matéria: "CTTU vai utilizar videomonitoramento para dar mais segurança aos motoristas"??? ou para fazer varreduras na Cidade atrás de buracos ou ausência de sinalização de trânsito????? não seria essa uma das obrigações desse Órgão extorsor - que apenas se preocupa em multar, multar, multar e nunca vemos um agente seque organizando o trânsito ou ajudando um condutor?!

Por THIAGO,03/04/2017

Reforçando o pedido do pessoal : instalem umas dessas câmeras no corredor do BRT da Caxangá. O que os maus motoristas fazem ali é um absurdo, simplesmente ignoram ser uma faixa exclusiva, atrasando os BRT. Sem falar no desrespeito aos outros motoristas que não invadem. Claro, eles fazem isso porque não tem fiscalização.

Por fernando,03/04/2017

POR FAVOR TBM COLOQUEM ESSAS CÂMERAS NA PE-05,DIÁRIAMENTE MOTORISTAS INVADEM A FAIXA DO BRT,DEVIDO A ESTE ABSURDO PERDEMOS EM TORNO 20 MINUTOS,ATRASANDO A VIAGE.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM