Jornal do Commercio
Serviço

Alagamentos e trânsito lento na manhã desta segunda-feira, na RMR

A maior concentração de alagamentos foi registrada na Imbiribeira, na Zona Sul do Recife

Publicado em 17/04/2017, às 07h56

BR-101, em Jaboatão dos Guararapes, na RMR / Foto: Cortesia
BR-101, em Jaboatão dos Guararapes, na RMR
Foto: Cortesia
JC Online

O dia amanhanceu com chuvas e trânsito lento nesta segunda-feira (17), na Região Metropolitana do Recife (RMR). De acordo com registros dos nossos leitores, os pontos de maior retenção se encontram na BR-101 Norte, na altura de Jardim Paulista, em Paulista, RMR sentido Recife, e também na BR-101 Sul, na altura de Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes. No Recife, a Avenida Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira, na Zona Sul da Capital, é onde se encontra o maior número de pontos de alagamentos nesta manhã (17).

Na BR-101 Sul, sentido Cabo de Santo Agostinho, foi registrado engarrafamento nos dois sentidos da Via, próximo à entrada de Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes, na RMR, devido aos pontos de alagamentos no trecho da rodovia. Na BR-101 Norte, em Paulista, o tráfego também ficou lento, mas devido à pista escorregadia e o grande fluxo de carros que estavam circulando na via.



Os motoristas e pedestres que estão circulando pela Avenida Dr. José Rufino devem ter cuidado ao passar pelo trecho nas imediações do Colégio Visão, no bairro da Estância, Zona Oeste do Recife. Já na Zona Sul, a Avenida Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira, apresenta pontos de alagamentos, no sentido Prazeres, próximo à Entrada do Jordão e também próximo ao Banco Itaú, sentido Afogados. Também foi registrado trecho alagado na Rua Cosme Viana, no bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife.

 


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM