Jornal do Commercio
Complementar

Ônibus das linhas complementares voltam a circular nesta terça-feira

Linhas complementares voltarão às ruas do Grande Recife após um dia de paralisação dos permissionários

Publicado em 17/07/2017, às 20h05

178 veículos ficaram paralisados nesta segunda-feira (18) / Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
178 veículos ficaram paralisados nesta segunda-feira (18)
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
JC Online

Após um acordo entre o Sindicato dos Permissionários do Transporte Complementar do Estado de Pernambuco (Sintetracope) e o Governo do Estado, os veículos das 18 linhas complementares da Região Metropolitana do Recife (RMR) voltarão a circular nesta terça-feira (18). Os permissionários paralisaram nesta segunda-feira (17), porque não estavam recebendo salários há três quinzenas, devido à falta de repasse do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) ao Grande Recife Consórcio de Transporte (GRCT), responsável pelo pagamento da categoria.

Segundo Manuel Dias, presidente do Sintetracope, uma reunião foi realizada com o Governo estadual nesta segunda-feira (17). Nela, foi pautada a falta de repasses para o pagamento dos permissionários. Segundo ele, ficou acordado que a representação estadual ficará responsável pelo pagamento da categoria, caso a Urbana-PE não faça o repasse ao Grande Recife Consórcio.



Na tarde desta segunda-feira, o GRCT informou que o pagamento da primeira quinzena de junho foi realizada ainda pela manhã, quando fez a transferência para a cooperativa. O presidente do sindicato afirmou que o pagamento da segunda quinzena do mês passado está previsto para ser realizado nesta sexta-feira (21). Ainda segundo ele, o Estado se comprometeu a realizar o pagamento da primeira quinzena de julho até o dia 28 deste mês, mesmo que o Sindicato das Empresas não realize a transação.

Transporte Complementar

O Transporte Complementar é feito por 178 micro-ônibus, mas apenas 60 atuam nas linhas gratuitas, pagas pelo Grande Recife. As demais são pagas diretamente pelos usuários, com uso do bilhete eletrônico. A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) é quem fiscaliza e gerencia o serviço. Com a paralisação, foram afetados 50 mil passageiros que moram em áreas de difícil acesso no Recife.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM