Jornal do Commercio
PE-001

Prefeitura desmente boato de interdição da Ponte do Janga por 30 dias

A interdição deve acontecer duas ou três vezes durante a madrugada e só será feita em meados de outubro

Publicado em 07/08/2017, às 15h43

A obra tem sido alvo de críticas devido ao atraso e transtornos que vem causando na região. / Foto: Alexandre Gondim /JC Imagem
A obra tem sido alvo de críticas devido ao atraso e transtornos que vem causando na região.
Foto: Alexandre Gondim /JC Imagem
JC Online

Tem circulado nas redes sociais a informação de que a Ponte do Janga será interditada por 15 ou 30 dias devido às obras de duplicação no trecho da Avenida Claudio Gueiros Leite. Procurado pelo JC Trânsito, o secretário executivo de Infraestrutura do Paulista, Pedro Cezar, disse que, na verdade, o que deve acontecer é uma interdição que vai durar entre 3 e 4 madrugadas, em meados de outubro.

"Isso é um boato que está rolando nas redes sociais. O que vai acontecer, na verdade, é uma interdição de três ou quatro dias, mas tudo será feito durante a madrugada", explica. Ainda de acordo com o secretário, a interdição parcial é necessária para o levantamento de vigas de sustentação que será feita por guindastes e a data exata deve ser divulgada.



Segundo o secretário, o atraso da obra, que deveria ser entregue em agosto, aconteceu por causa dos atrasos do repasse de verbas. "A obra realmente está atrasada, mas, infelizmente tivemos um atraso nos repasses que deveria ser feito pelo Governo Estadual. Mas o prefeito Junior Matuto já se reuniu com o governador Paulo Câmara e esperamos que a situação seja normalizada". A nova previsão para a finalização da obra é dezembro deste ano.

Rotas alternativas

Tanto o percurso dos veículos comuns quanto os ônibus deverão ser alterados durante a interdição que ainda não tem data prevista para acontecer. "O bloqueio deve ocorrer das 23h às 4h do dia seguinte, mas a população não precisa se preocupar. A ideia é trabalhar a divulgação em vários pontos inclusive na própria ponte, explicando rotas alternativas como a Manepá e a PE-15, para quem quiser seguir para Recife ou Olinda", esclarece o secretário.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM