Jornal do Commercio
Lixão de Aguazinha

Catadores voltam a bloquear trânsito na tarde desta quarta-feira

O lixão de Aguazinha, que funciona há mais de 30 anos em Olinda, está sendo fechado pela prefeitura nesta quarta-feira

Publicado em 09/08/2017, às 15h16

O grupo já havia bloqueado o trânsito no período da manhã desta quarta (9) / Aline Matheus/TV Jornal
O grupo já havia bloqueado o trânsito no período da manhã desta quarta (9)
Aline Matheus/TV Jornal
JC Online

Catadores voltaram a protestar na tarde desta quarta-feira (9) contra o fechamento do lixão de Aguazinha, em Olinda, Grande Recife. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 14h10 atendendo um chamado de que populares estavam bloqueando a Avenida II Perimetral com entulhos e queima de pneus. O grupo já havia bloqueado o trânsito no período da manhã.

A via foi parcialmente liberada por volta das 15h, e, de acordo com o 1º Batalhão de Polícia Militar, uma caminhão da prefeitura de Olinda é aguardado no local para remoção dos entulhos e normalização do trânsito.



Lixão de Aguazinha

O lixão de Aguazinha, que funciona há mais de 30 anos em Olinda, está sendo fechado pela prefeitura nesta quarta-feira (09/08). Com o encerramento das atividades no local, o lixo produzido na cidade terá como destino a Central de Tratamento de Resíduos (CTR) localizada em Igarassu, município da Região Metropolitana do Recife. A medida atende determinação da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH).


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM