Jornal do Commercio
Corredores

Recém-inaugurada, estação de BRT da Boa Vista não agrada passageiros

A Padre Inglês I começou a operar nessa sexta-feira (8)

Publicado em 11/09/2017, às 13h27

O equipamento, que faz parte do Corredor Leste-Oeste de BRT / Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
O equipamento, que faz parte do Corredor Leste-Oeste de BRT
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
JC Online

As obras das seis estações da Avenida Conde da Boa Vista, no Centro do Recife, estão concluídas. Nessa sexta-feira (8), a última estação, a Padre Inglês I, começou a operar e os passageiros podem realizar o embarque e desembarque, que fica no sentido subúrbio/cidade. O equipamento, que faz parte do Corredor Leste-Oeste de BRT, começa a operar com três anos de atrasos, visto que ela estava prevista para a Copa do Mundo de 2014. Mesmo com este tempo, sua estrutura funciona de forma improvisada, o que divide a opinião de usuários que a utilizam.

As obras das estações da principal avenida do Centro da Cidade foram retomadas no início deste ano, quando novas linhas do BRT foram introduzidas ao corredor - 2441 – EBRT BR-101/ Conde Da Boa Vista e 2443 – EBRT BR-101/ Derby -, e o funcionamento das linhas comuns da Avenida Caxangá foi alterado. A estação Padre Inglês I, que fica no início da Conde da Boa Vista, após o cruzamento com a Rua Dom Bosco, foi a última a fazer o embarque e desembarque de passageiros.

A assistente administrativa-jurídica, Edjane Monteiro, de 51 anos, relata que a estação ajudou na locomoção para o Centro, mas que a segurança é um ponto a melhorar. "Achei melhor, porque facilitou o embarque aqui na Boa Vista, mas a segurança deixa a desejar. Aqui, à noite, é muito esquisito e não me sinto segura", contou. Além da insegurança, outro ponto levantado pelos usuários é desconforto. Sem ventilação e com uma estrutura improvisada, a estação não agradou.

O condutor de ambulância, Fábio Alexandre, 42, conta que, mesmo com a facilidade em pegar o BRT na Boa Vista, a estação não traz comodidade a quem utiliza: "Melhorou em relação à locomoção, mas não temos conforto nenhum nesta parada, assim como as outras. Muito diferente das que ficam na Caxangá, que têm alguns problemas, mas são muito mais confortáveis. Eu não sinto segurança nenhuma aqui".



A estação também facilitou o desembarque do promotor de eventos, Alexandre Tiago, 32 anos, mas a desorganização no ponto é algo que o incomoda. "Eu não sabia onde é que saía ou entrava nessa estação. Não tem ninguém para orientar as pessoas". Ele também relata que não foi avisado sobre o funcionamento do novo equipamento. "Eu só soube que aqui estava funcionando, porque eu vi as pessoas descendo. Porque não vi aviso em lugar nenhum", conta Alexandre.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

Por nota, o Grande Recife Consórcio de Transporte (GRCT) explicou que as estações da Conde da Boa Vista possuem estruturas provisórias e que estudos estão sendo feitos para que fiquem no padrão das outras dos corredores Leste/Oeste e Norte/Sul.

Confira a íntegra da nota:

Com relação às estações transitórias instaladas na Avenida Conde da Boa Vista, o Grande Recife esclarece que as estações permanecerão da forma que estão pelo menos por enquanto. Estudos para um projeto maior de recuperação na via estão sendo feitos pela Prefeitura do Recife, para só então serem adotadas as estações no padrão das demais estações dos corredores Leste/ Oeste e Norte/ Sul.

Desembarque

Em fevereiro deste ano, a Avenida Conde da Boa Vista virou ponto de desembarque para os passageiros que viajam de BRT. Além da linha 2441 – EBRT (BR-101) (Conde da Boa Vista), as linhas de BRT 2450 – TI Camaragibe (Centro) e 2437 – TI Caxangá (Centro) também param na via, nas estações próximas à Rua da Soledade e em frente ao Shopping Boa Vista.


Recomendados para você


Comentários

Por jonas junior,12/09/2017

Espero que contrate um engenheiro japonês para fazer a parada definitiva.

Por Mendes,12/09/2017

Bem feito não foi o Zé Povinho, que elegeram eles.em 2018 tem eleição de novo viu Zé Povinho

Por EDUARDO,12/09/2017

Tentativas e mais tentativas de um governo frustrado, fracassado, que vive de uma historia que já não faz mais nenhum sentido, coronelismo colocado a muitos e muitos anos, não só nesse estado, mas como em todo país. Obra que deveria ter sido concluída em 2013 para copa das confederação e posteriormente em 2014 a copa do mundo. Não só a conde da boa vista, assim como as integrações da caxangá, obras que foram projetadas para um estado sem a menor estrutura para receber um evento do porte de uma copa do mundo, verdadeiro elefante branco se tornou arena Pernambuco. Isso se chama falta de caráter, desrespeito ao contribuinte, sem contar a qualidade das " vias " expressas que deveriam no mínimo ter uma qualidade que se possa chamar de decente, BRT`s lotados todos os dias, estações sem menor estrutura de receber a quantidade de usuários que ali fazem o uso desse meio de transporte. Vergonha!

Por Antonio,12/09/2017

Ops...PARADA de BRT um LIXO, PIOR QUE AS OUTRAS!????? ISTO É COM O GOVERNADOR E PREFEITO DO RECIFE! SE LIGUEMMMM PREFEITO E GOVERNADOR...TÃUM FAZENDO PIOR QUE O PT ?????? COMO É ISSO HEIN??? COMO É QUE VOCÊS QUE SE DIZEM OPOSITORES DO PT, TÃO FAZENDO PIOR DO QUE ELE. SE LIGUEM QUE EM SÃO PAULO, LÁ O PREFEITO E O GOVERNADOR SÃO RIVAIS DO PT, MAS DIFERENTE DAQUI, FILHOTES DE EDUARDO, LÁ A COOOOOOOOOISAAAAAAAA FFFUUUUUUUUNNNNNNCIOOONNNAAAAAAAAAA. VIU, VOCÊS...

Por Alexandre Magno,11/09/2017

LIXO! Como tudo dessa prefeitura...



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM