Jornal do Commercio
REPARO

Trecho da BR 232 precisou ser interditado em Jaboatão após pista ceder

O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) foi responsável pela obra de reparo; a via já foi liberada

Publicado em 13/09/2017, às 02h46

Trecho da via foi isolado no período da manhã, o que deixou o trânsito lento na via / Foto: Reprodução
Trecho da via foi isolado no período da manhã, o que deixou o trânsito lento na via
Foto: Reprodução
JC Online

Um trecho da BR 232, no sentido de Jaboatão dos Guararapes para Recife, Km 19, foi interditado nesta terça-feira (12). Parte do asfalto cedeu, obrigando os motoristas a desviarem da cratera. Uma equipe do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) foi ao local e isolou a pista para os devidos reparos.

Trânsito

Durante todo o dia, quem passava pelo local reclamava da lentidão do trânsito. O DER iniciou o conserto da via no período da tarde e, de acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trecho foi liberado à noite com a conclusão das obras.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Teo ,13/09/2017

Mais uma "Obra" do DER feita nas pressas, e o efeito sonrisal não vai demorar a aparecer. O Estado de Pernambuco é mais esburacado do Nordeste, quiça, do Brasil. São as BRs Federais, As rodovias estaduais, as ruas de todas as cidades, especialmente do Recife e região metropolitana. Os recapeamentos na verdade, são lombadas e tobogãs mal feitos, Uma vergonha, para Pernambuco. Podemos chamá-lo de Estado da buraqueira!!!!!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM