Jornal do Commercio
Acidente

Motociclista morre após bater em cavalo em rodovia do Sertão

Acidente com animal já foi o segundo na região neste ano

Publicado em 08/01/2018, às 09h35

Acidente ocorreu em Araripina, no Sertão  / Foto: Google Maps/Reprodução
Acidente ocorreu em Araripina, no Sertão
Foto: Google Maps/Reprodução
JC Online
Com informações da Rádio Jornal

Um motociclista morreu após atropelar um cavalo em Araripina, no Sertão do Arararipe, na madrugada desse domingo (7). Segundo informações da Rádio Jornal, o acidente ocorreu na BR-316, no Sítio São Miguel, na Zona Rural da cidade, por volta das 2h. Na moto havia um passageiro, que sofreu ferimentos e foi encaminhado para o Hospital Santa Maria, que também fica no município.

O condutor da moto foi identificado como Luiz Alves Feitosa Filho, de 50 anos. Ele morreu na hora do acidente. Não se sabe o estado de saúde do outro ocupante do veículo.



Segundo acidente

Na terça-feira (1), um outro motoclista morreu após um acidente com um animal. A batida ocorreu na PE-604, em Ouricuri, também na região do Arararipe, após a motocicleta bater eu um jumento na pista.

Animais

O abandono de animais de grande ou pequeno porte em rodovias representa perigo tanto para os bichos, quanto para os condutores. Nas BRs de Pernambuco, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), apenas em 2016, foram recolhidos 1.653 animais.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM