Jornal do Commercio
violência

Criança de 4 anos é estuprada e morta por estrangulamento na Mangueira

Menina desapareceu no domingo e foi encontrada na manhã desta segunda. Mãe dela é viciada em droga, estava devendo a traficantes e acredita que o crime foi cometido por isso

Publicado em 17/09/2012, às 08h48

Moradores ficaram revoltados com a morte da criança / Foto: Bernardo Soares / JC Imagem

Moradores ficaram revoltados com a morte da criança

Foto: Bernardo Soares / JC Imagem

Do JC Online

Um crime bárbaro chocou os moradores do bairro da Mangueira, na Zona Oeste do Recife. Uma menina de apenas 4 anos foi encontrada morta por populares, na manhã desta segunda-feira (17), enrolada em um lençol, em um beco na 1° Travessa Tenente Miguel. A criança, que segundo a polícia foi morta por estrangulamento, tinha uma mordida no rosto, estava sem calcinha e apresentava sinais de estupro.

A polícia prendeu um homem idoso uspeito de ter cometido o crime. Daniel Pereira foi preso acusado pela população de ter matado a menina. Os moradores chegaram a danificar o carro onde estava o idoso, que foi levado ao DHPP mas foi liberado em seguida, pois o delegado descartou o envolvimento dele no assassinato.

Um outro homem foi preso depois, de nome não divulgado. Agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) acreditam que a menina pode ter sido morta e estuprada em outro lugar, já que não havia muito sangue no local.

Segundo informações dos familiares, a garota, que morava com a tia e avó, estava desaparecida desde a noite do domingo (16). A avó chegou a procurar pela menina, mas, por acreditar que ela pudesse estar na casa de outra pessoa, foi dormir tranquilamente. Na manhã desta segunda, o marido da avó, ao sair de casa, percebeu a agitação na área e foi olhar o que tinha acontecido. Ao ver o corpo da criança, chamou a avó, que reconheceu o corpo.

De acordo com a polícia, a mãe da vítima mora perto da menina e é viciada em drogas. Após ser informada do ocorrido, ela foi ao local. Desesperada, disse saber quem tinha cometido o crime e que a motivação foi a dívida que ela tinha com traficantes da localidade, mas não informou, entretanto, o nome da pessoa que pode ter cometido o assassinato.

O caso será investigado pelo delegado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), João Brito. Apesar da "confissão" da mãe da garota, ele afirmou que ainda é cedo para ligar o crime à dívida que ela tem com traficantes. O corpo da menina foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML).




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

História das eleições no Recife História das eleições no Recife
JC faz resgate histórico do processo de escolha de prefeitos no Recife.
À luz de Verger À luz de Verger
Especial faz releitura do trabalho do fotógrafo francês Pierre Verger, um dos principais antropólogos e historiadores da cultura brasileira.
Fascinante África do Sul Fascinante África do Sul
Reportagem especial aborda os atrativos turísticos da África do Sul e as relações econômicas do país com o Brasil

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2016 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM