Jornal do Commercio
Mobilidade

Metrô do Recife pode ter paralisação no sábado de Carnaval

Outras duas paralisações estão previstas para esta semana. Os bilheteiros podem cruzar os braços nesta quinta e os metroviários podem não trabalhar na sexta

Publicado em 18/02/2014, às 09h46

 / Foto: Boby Fabisak/ JC Imagem

Foto: Boby Fabisak/ JC Imagem

Do JC Online

Os funcionários do Metrorec podem suspender as atividades nesta semana. Os terceirizados da bilheteria podem realizar uma paralisação de advertência na próxima quinta-feira (20). Eles reclamam de atrasos salarias e aguardam uma posição da empresa contratante, a Dínamo Serviços, para decidir se vão cruzar os braços. Já os metroviários vão definir em assembleia às 18h desta terça-feira (18) se vão parar na sexta-feira (21). Os traballhadores do Metrorec pedem revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Salários, e podem inclusive não trabalhar no Sábado de Zé Pereira (1º de março), dia do Galo da Madrugada, por causa da insegurança.

Entre as reinvidicações do Sindicato dos Trabalhadores Metroviários e Conexos de Pernambuco (Sindmetro-PE) está a ampliação da assistência dos planos de saúde. Além de melhoria nas condições de trabalho, os metroviários também exigem reforço na segurança. O sindicato exige que um concurso seja realizado para aumentar o quadro de segurança metroviário, além da participação da Polícia Ferroviária. 

Sobre a possível suspensão das atividades, a Companhia de Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), ainda não se pronunciou. De acordo com a assessoria, a CBTU vai aguardar a realização da assembleia para tomar um posição. 

Os funcionários da bilheteria, por sua vez, aguardam a posição da empresa Dínamo Serviços para decidir se cruzam os braços na quinta . Os bilheteiros reclamam de atrasos salariais, na entrga de ticket alimentação e vale transporte. Eles também reclamam do não recebimento das férias de janeiro e fevereiro. 

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM