Jornal do Commercio
Tragédia no Sertão

Explosão de gás deixa criança morta e outros dois feridos no Sertão

Explosão de cilindro aconteceu na cidade de Floresta. Além de menina morta, o irmão e o pai dela ficaram feridos

Publicado em 01/11/2017, às 06h22

Menino de cinco anos foi transferido para o HR / Foto: Cortesia
Menino de cinco anos foi transferido para o HR
Foto: Cortesia
JC Online
Com informações da Rádio Jornal

Uma menina de quatro anos morreu e o irmão dela, um garoto de apenas cinco anos, ficou ferido depois que um cilindro de gás explodiu na casa onde a família mora na cidade de Floresta, no Sertão de Pernambuco. O pai das crianças também ficou ferido no acidente.

A explosão foi registrada por volta das 19h desta terça-feira (31) na Rua Kepler Lafayette, no bairro de Santa Rosa. A cidade fica a 433 km de distância do Recife. A Rádio Jornal apurou que a menina morreu enquanto era transferida para o Hospital Coronel Álvaro Ferraz que fica na mesma cidade.

Diante da gravidade dos ferimentos, o menino de cinco anos foi transferido ainda na noite da terça-feira para o Hospital da Restauração, na região central do Recife. O garoto deu entrada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital no início da madrugada, por volta da 1h20. De acordo com a assessoria de comunicação do HR, o estado de saúde dele é grave. O menino foi acompanhado até o HR pelo pai, que voltou, em seguida, para a cidade onde o acidente aconteceu para acompanhar o velório e sepultamento da filha.



Relato de um amigo da família

De acordo com um amigo da família que veio prestar assistência ao menino internado no HR, as crianças estavam na sala da residência na hora do acidente. A suspeita dele é que um cilindro de gás, normalmente utilizado na manutenção de ar-condicionado, tenha vazado e entrado em combustão quando teve contato com a energia elétrica da casa. 

Segundo o homem que estava bebendo em um bar e foi até a casa da família ajudar no resgate das crianças quando ouviu o barulho, a explosão destruiu até o telhado da casa da família. A testemunha disse ainda que chegou a ver membros do corpo da menina amputados com a força da explosão. 

Investigação

O pai das crianças estava tomando banho quando a explosão aconteceu. A mãe das crianças estava no quarto quando ouviu o barulho da explosão e não teria se ferido. A Polícia Civil de Pernambuco vai investigar o caso e uma perícia do Instituto de Criminalística deve fazer a perícia do local. O delegado Roberto de Sá Campos registrou a ocorrência. O sepultamento da menina será realizado hoje na fazenda da família, na Zona Rural de Floresta.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM