Jornal do Commercio
Tragédia na Tamarineira

'Faremos nossa parte para que a Justiça seja realizada', diz presidente do TJ sobre acidente na Tamarineira

Uma das vítimas fatais do acidente era servidora do Tribunal de Justiça há oito anos

Publicado em 27/11/2017, às 11h25

Acidente aconteceu na noite do domingo no bairro da Tamarineira / Foto: JC Imagem
Acidente aconteceu na noite do domingo no bairro da Tamarineira
Foto: JC Imagem
JC Online

O grave acidente que deixou duas mulheres mortas na noite desse domingo (26) na Zona Norte do Recife permanece comovendo toda a sociedade. Na manhã desta segunda-feira (27), o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), onde uma das vítimas trabalhava, divulgou uma nota de pesar pelo falecimento da servidora. De acordo com o presidente do órgão, o desembargador Leopoldo Raposo, o TJ vai acompanhar o caso para que "a Justiça seja feita". O motorista teve a prisão preventiva decretada em audiência de custódia no fim da manhã desta segunda-feira (27).

Maria Emília Guimarães Mota, de 39 anos, trabalhava há oito anos na Diretoria Cível do 2° Grau da Capital, no Fórum Paula Baptista. “Uma perda irreparável, lamentável, uma tragédia! Maria Emília era uma ótima servidora, nosso braço direito na Diretoria Cível, uma grande mulher, mãezona, esposa e amiga”, afirmou o diretor adjunto da diretoria, Jorge Neves.

A funcionária pública é uma das duas mulheres mortas no acidente causado por um motorista embriagado no cruzamento da Avenida Rosa e Silva com a Rua Cônego Barata, no bairro da Tamarineira na noite do domingo. A outra mulher morta na colisão é a babá da família, Roseane Maria de Brito, de 23 anos.

Para o presidente do TJPE, desembargador Leopoldo Raposo, o caso deve ser acompanhado pelo órgão. “É com imensa tristeza que recebemos essa notícia. Que Deus ilumine toda a família. Faremos nossa parte para que a Justiça seja realizada, disse o presidente do Tribunal”, disse Raposo que deve fazer voto de pesar pelo falecimento de Maria Emília, durante sessão da corte na tarde desta segunda.

Sepultamentos

De acordo com familiares de Maria Emília, o corpo da servidora pública será sepultado nesta segunda-feira, às 17h, no cemitério Morada da Paz, na cidade de Paulista, na Região Metropolitana do Recife. Já o corpo de Roseane Maria de Brito deve ser levado para a cidade de Aliança, na Mata Norte de Pernambuco. O horário do velório ainda não foi confirmado pela polícia.



O acidente

O acidente que matou Maria Emília e Roseane aconteceu por volta das 19h30 do domingo. Além das duas mulheres, o marido de Maria Emília e os dois filhos do casal também ficaram gravemente feridos.

De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital da Restauração, o estado de saúde da pequena Marcela Guimarães Motta Silveira, de cinco anos, é grave. Segundo familiares, a criança foi submetida a uma cirurgia e foi transferida para o Hospital Santa Joana, no bairro das Graças.

O outro filho do casal, Miguel Arruda da Motta Silveira Neto, de três anos, também passou por cirurgia, mas o estado de saúde não foi informado. O pai da família, Miguel Filho Motta SIlveira, 46, que dirigia o carro, teve deslocamento de baço e várias costelas quebradas. Ele foi submetido a duas cirurgias e permanece internado.

O carro onde os cinco estavam capotou após ser atingido por um veículo dirigido pelo estudante de Engenharia Civil, João Victor Ribeiro de Oliveira Leal, de 25 anos. De acordo com as investigações, João Victor estava sob efeito de álcool no momento da colisão.


Recomendados para você


Comentários

Por Mark Twain,30/11/2017

O TJPE deve fazer a parte dele SEMPRE! Isso em relação a todos os processos que adentram o Judiciário Estadual. É por conta dos 1 bilhão e 500 milhões do duodécimo (dinheiro dos impostos da população pernambucana) que o TJPE deve trabalhar com afinco para fazer caminhar de modo célere TODOS OS PROCESSOS.

Por Mark Twain,30/11/2017

Interessante ressaltar aqui que, quando algum legislador, tipo um Bolsonaro da vida, tenta redigir leis mais duras em relação a todo e qualquer tipo de crime, inclusive leis severas para crimes de trânsito, sempre a população não presta o apoio devido, não ao parlamentar, per si, mas àquela legislação que poderia frear com mais eficiência a sanha violadora da norma penal. Surgem centenas de grupos dos chamados POLITICAMENTE CORRETOS, alienados, ignorantes e até mesmo gente esclarecida que atua na área do Direito Penal, tentando passar à população que aquele que violou a norma penal é um coitado, uma vítima social etc. Para se ter uma ideia de como essa coisa toda funciona nos bastidores das políticas de segurança pública no Brazil, tem professor(a) de Direito Penal, nas Universidades Federais e particulares, que se comporta em sala de aula da forma mais alienada possível, passando a imagem de um país que, definitivamente, não existe. Pregam que o agressor é um pobre coitado, uma vítima do sistema social burguês etc. ISSO MESMO! Quer um exemplo bem claro?! Vá à uma universidade federal, Curso de Direito, ou mesmo uma grande universidade particular aí do Recife/PE, para saber o que está sendo ensinado nas salas de aula da cadeira de Direito Penal. Você ficará horrorizado! Pensará que, tomando como exemplo esse sujeito que colidiu com um veículo e matou três pessoas, que o culpado por isso é você e não o próprio sujeito, pois você alimenta um sistema injusto, agride a possibilidade desse sujeito ser uma pessoa de bem e por aí vai. Isso é o que ensinado! Vi professoras e professores tentarem me ensinar, à época, que essa escória da sociedade só existe por conta do capitalismo, que tolhe a possibilidade de um sistema mais justo e, por via de consequência, acabaria fabricando esses agressores sociais, portanto, o grande culpado era eu, que não abria as portas de minha casa para maloqueiros, assassinos, vagabundos, alcoólatras, agressores sociais de todo tipo etc. Vejam só isso! SEM EXAGERO ALGUM ISSO TUDO QUE ESCREVO AQUI! Por isso que é muito difícil, no Brazil, redigir leis para serem votadas que reflitam, autenticamente, o sentimento e o desejo da maioria da população que anseia por justiça e reparação da parte de quem viola constantemente as leis penais. A alienação começa nas universidades, nos cursos de Direito, com as exceções de praxe. Tem professor de Direito Penal que viaja a países ditos socialistas e chegam à sala de aula, depois, dizendo que lá nesses países, que de socialistas não tem nada, encontra-se o "verdadeiro" paraíso bíblico. Esse alunado, quando escuta essas coisas, começa a criticar indistintamente o sistema, critica a ação mais enérgica da polícia, dos legisladores que desejam leis penais mais duras etc. Observando tudo isso de modo passivo está a população que, de resto, só se mexe ou lembra dessas coisas em momentos de comoção geral por conta de tragédias como a que ocorreu domingo passado aí no Recife/PE. Daqui a 10, 15, 20 anos, pode apostar nisso, tudo estará como antes. Eis um dos retratos de um povo fracassado, de uma nação fracassada em todos os sentidos.

Por Mark Twain,28/11/2017

Considerando que o TJPE é um dos piores do Brazil, não irão fazer mais que a obrigação esperada pela população, de vez que recebem, anualmente, 1 bilhão e 500 milhões de reais, do repasse de verbas do duodécimo.

Por Bia,27/11/2017

Ô povo doente. Já vai trocar de assunto e culpar o PT. Nossa constituição é de 1988. Só tem doido. Dirigindo e/ou vociferando o seu discurso de ódio por aí.

Por Sergio,27/11/2017

Via de regra nossa justiça desidiosa e descompromissada com as vítimas entende como acidente e o viciado como vítima e não como algoz !! Após 13 anos de PT é assim que tudo é entendido e a vida humana deixou de valer alguma coisa !! Será que estes viciados seriam tão negligentes se soubessem que mofariam na cadeia ? Evidente que não beberiam e tomariam drogas antes de dirigir "



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Copa do Nordeste 2018 Copa do Nordeste 2018
A 15ª edição da Copa do Nordeste tem um sabor especial. 2018 marca a volta das transmissões de futebol da TV Jornal. Ao lado da co-irmã de Caruaru e de nove afiliadas do SBT Nordeste, a emissora vai levar ao público todas as emoções do torneio
Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade
Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade
Feliz 2018! Feliz 2018!
Clique e faça sua própria queima de fogos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM